Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 6º MÁX 15º

Edição

PS/Madeira felicita Vasco Cordeiro e expressa "total solidariedade"

Os socialistas madeirenses felicitaram o PS/Açores pelo resultado nas eleições legislativas regionais de domingo, em que o partido venceu, mas perdeu a maioria absoluta, e manifestaram "total solidariedade" com a estrutura açoriana.

PS/Madeira felicita Vasco Cordeiro e expressa "total solidariedade"
Notícias ao Minuto

06:48 - 26/10/20 por Lusa

Política Açores

"Ao Partido Socialista dos Açores e a todos os seus eleitos, em particular o presidente Vasco Cordeiro, o PS/Madeira endereça votos dos maiores sucessos, expressando a nossa total solidariedade e apoio para o novo mandato que irão iniciar", refere o partido num comunicado assinalado pelo presidente da estrutura regional, Paulo Cafôfo.

O líder socialista madeirense considera que o PS/Açores continuará a "pugnar intransigentemente" pela defesa da autonomia e dos interesses dos açorianos, garantindo as "melhores condições de vida para a sua população", mediante o novo quadro partidário eleito para a Assembleia Legislativa da região autónoma.

O PS perdeu a maioria absoluta nas eleições regionais dos Açores, só tendo conseguido eleger 25 deputados do total de 57 parlamentares do parlamento regional.

O PS governa a região desde 1996, mas apenas nas eleições realizadas em 2000 obteve maioria absoluta, renovada nos escrutínios de 2004, 2008, 2012 e ainda em 2016, ano em que obteve 30 mandatos.

De acordo com os resultados provisórios divulgados pela Direção Regional de Organização e Administração Pública (DROAP), o PS ganhou as legislativas regionais de domingo, com 39,13% (40.701 votos).

O PSD, com 33,74% (35.091 votos), garantiu 21 mandatos, seguido pelo CDS-PP com 5,51% (5.734 votos), que elegeu três deputados, além de um parlamentar em coligação com PPM.

O Chega, que concorreu pela primeira vez às regionais dos Açores, teve 5,06% (5.260 votos), elegeu dois deputados, tal como o BE, que alcançou 3,81% (3.962 votos).

O PPM obteve 2,34% (2.431 votos) e elegeu um deputado, além de um outro eleito em coligação com o CDS-PP.

A Iniciativa Liberal, que também concorreu pela primeira vez à Assembleia Legislativa dos Açores, conseguiu 1,93% (2.012 votos) e elegeu um deputado, assim como o PAN que teve percentagem idêntica e apenas menos oito votos.

A coligação PCP/PEV, que tinha elegido um deputado há quatro anos, não conquistou qualquer mandato, tendo obtido 1,68% (1.745 votos).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório