Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Vasco Cordeiro diz que PS/Açores teve vitória "clara e inequívoca"

O presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, definiu hoje como "clara e inequívoca" a vitória do partido nas regionais de domingo, mesmo reconhecendo um novo "quadro parlamentar desafiante" que resulta da perda da maioria absoluta socialista.

Vasco Cordeiro diz que PS/Açores teve vitória "clara e inequívoca"
Notícias ao Minuto

00:21 - 26/10/20 por Lusa

Política Açores/Eleições

"As eleições terminaram. O PS venceu estas eleições e, nos próximos tempos, começa esse trabalho de também ser esse garante de estabilidade, de segurança, para que os Açores e os açorianos possam sair desta situação complexa em que vivemos derivada da situação da pandemia de covid-19", disse.

O candidato a chefe do Governo dos Açores, e que ocupa o cargo desde 2012, falava no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, onde acompanhou a noite eleitoral açoriana.

O PS perdeu a maioria absoluta nas eleições regionais de domingo dos Açores, só tendo conseguido eleger 25 deputados do total de 57 parlamentares da Assembleia Legislativa Regional.

As eleições, sinalizou Vasco Cordeiro, falando perante algumas dezenas de socialistas açorianos, "terminaram".

E acrescentou: "O PS venceu estas eleições e, nos próximos tempos, começa esse trabalho de também ser esse garante de estabilidade, de segurança, para que os Açores e açorianos possam sair desta situação complexa em que vivemos".

Da "mais de uma dezena de projetos" que foram a votos, o "mais votado foi o projeto do PS", e portanto esta foi "a noite da vitória eleitoral" socialista, disse ainda o presidente do PS/Açores.

"O PS ganhou estas eleições, ganhou com mais votos e mais mandatos, ganhou em sete das nove ilhas da nossa região. Ganhou de forma clara e de forma inequívoca estas eleições", embora, "à semelhança do que já aconteceu no passado", em 1996, sem maioria absoluta, sinalizou ainda Vasco Cordeiro.

O socialista falou ladeado por Carlos César, presidente do PS, presidente honorário do PS/Açores e antigo chefe do executivo regional.

De acordo com os resultados provisórios divulgados pela Direção Regional de Organização e Administração Pública (DROAP), o PS ganhou as legislativas regionais de domingo, ao alcançar 39,13% (40.701 votos).

PSD, com 33,74% (35.091 votos), garantiu 21 mandatos, seguido pelo CDS-PP com 5,51% (5.734 votos), que elegeu três deputados, além de um parlamentar em coligação com PPM (com 115) votos.

O Chega, que concorreu pela primeira vez às regionais dos Açores, teve 5,06% (5.260 votos), elegeu dois deputados, tal como o BE, que alcançou 3,81% (3.962 votos).

PPM obteve 2,34% (2.431 votos) e elegeu um deputado, além de um outro eleito em coligação com o CDS-PP.

A Iniciativa Liberal, que também concorreu pela primeira vez à Assembleia Legislativa dos Açores, conseguiu 1,93% (2.012 votos) e elegeu um deputado, assim como o PAN que teve percentagem idêntica e apenas menos oito votos.

A coligação PCP/PEV, que tinha eleito um deputado há quatro anos não conquistou nenhum mandato, tendo obtido 1,68% (1.745 votos).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório