Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 6º MÁX 15º

Edição

CDS de Gondomar pede reativação dos centros de retaguarda no concelho

A concelhia do CDS/PP de Gondomar propôs hoje ao presidente da autarquia, Marco Martins, que reative os centros de acolhimento temporário de retaguarda, montados na primeira vaga de Covid-19 no Pavilhão Municipal de Fânzeres e no Pavilhão Multiúsos.

CDS de Gondomar pede reativação dos centros de retaguarda no concelho
Notícias ao Minuto

14:41 - 24/10/20 por Lusa

Política Covid-19

Seria uma medida "muito importante para receber doentes menos graves em fase de recuperação e também para os gondomarenses que necessitem de estar em isolamento social e que por vários motivos, não o consigam realizar em segurança no seu domicílio", considera a concelhia do CDS/PP.

Em comunicado, o partido solicita a Marco Martins, que é também presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil, que "interceda junto das administrações das empresas STCP, Gondomarense e Metro do Porto no sentido de aumentarem o número de autocarros e de carruagens de metro em circulação, de forma a diminuir os aglomerados de pessoas no seu interior possibilitando, desta forma, o cumprimento do distanciamento social".

"Continuamos a assistir, infelizmente todos os dias, nos transportes públicos, quer nos autocarros da STCP e da Gondomarense quer no Metro do Porto, a uma sobrelotação da utilização em horas de ponta, que leva a que seja impossível o cumprimento do distanciamento social e fazendo destes locais meios de fácil propagação do vírus entre as pessoas, situação que nos deixa preocupados e apreensivos", sublinha.

A estrutura concelhia do partido refere que, "decorrida uma semana" da reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil de Gondomar (CMPCG), são pouco visíveis os reflexos práticos das medidas restritivas, então aprovadas

"Continuamos a constatar o incumprimento generalizado das medidas aprovadas, nomeadamente a utilização de máscara em qualquer circunstância, o incumprimento da regra de distanciamento social e a falta de civismo e respeito pelo próximo e pelo meio ambiente, bem patente quando se constatam dezenas de máscaras usadas espalhadas pelo chão, que se podem ver um pouco por todo o concelho", lê-se no comunicado.

O CDS/PP considera ainda que, "dado o número atual de infetados e de casos ativos no concelho, é evidente que a transmissão comunitária está muito descontrolada, pelo que as medidas anunciadas, por si só, não têm sido suficientes para travar o aumento dos focos de contágio entre os gondomarenses".

Face ao atual contexto epidemiológico, defende que "o município deve orientar os esforços no sentido de agir muito mais por prevenção, bem como divulgar ainda mais intensamente as medidas restritivas aprovadas, apostando numa forte campanha de sensibilização das pessoas, para que o combate a esta pandemia seja feito todos os dias e que o uso de máscara seja de facto obrigatório e a higienização das mãos praticada intensivamente", acrescenta.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 42,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.276 pessoas dos 112.440 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório