Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2020
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Bloco de Esquerda quer ouvir o ministro da Educação no Parlamento

A propósito do regresso às aulas em tempo de pandemia, o Bloco de Esquerda anunciou esta segunda-feira que vai chamar o ministro Tiago Brandão Rodrigues para prestar esclarecimentos aos deputados.

Bloco de Esquerda quer ouvir o ministro da Educação no Parlamento

O pedido de audição do ministro da Educação sobre o regresso às aulas, que aconteceu ao longo da semana passada, foi anunciado esta manhã pela deputada Joana Mortágua.

"Nós [BE] queremos ouvir o ministro porque achamos que o Parlamento não pode passar ao lado do início do ano letivo", declarou a deputada esta manhã, em direto da Assembleia da República. 

Joana Mortágua recordou que, em junho deste ano, o BE fez uma proposta "de diminuição do número de alunos por turma e sabíamos que isso significava mais professores, mais funcionários e encontrar com cada escola soluções para promover o distanciamento físico que não passassem por manter os alunos o dia inteiro na mesma sala de aula".

Contudo, sublinhou a parlamentar, projeto bloquista foi rejeitado e assistiu-se a um regresso às aulas "com os mesmos recursos do ano passado, com os mesmos alunos por turma e com o mesmo número de professores"

Sobre a contratação de mais 1.500 funcionários para as escolas, Joana Mortágua considerou ainda que este reforço traduzi-se no primeiro-ministro a "correr ao prejuízo", quando podia ter avançado com a contratação no verão, tal como o BE tinha recomendado, permitindo às escolas abrirem portas com outra segurança e confiança. 

"O Governo poderia ter ido mais longe na preparação do ano letivo", concluiu a deputada, atirando que ainda "há medidas que podem ser tomadas"

[Notícia em atualizada às 11h56]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório