Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 24º

Edição

PCP reage a Rio: "Afirmações só podem assentar numa aversão" ao partido

A polémica sobre como vai ser realizada a Festa do Avante! continua. PCP critica Rui Rio após presidente do PSD ter opinado sobre a lotação máxima do evento comunista.

PCP reage a Rio: "Afirmações só podem assentar numa aversão" ao partido
Notícias ao Minuto

11:22 - 13/08/20 por Mafalda Tello Silva com Lusa 

Política Festa do Avante!

Após Rui Rio ter deixado um comentário a propósito da Festa do Avante! nas redes sociais, o PCP respondeu, esta quinta-feira, às declarações do presidente do PSD, através de um comunicado enviado às redações

"Há afirmações tão ridículas que só podem assentar numa aversão sem limites ao PCP e à sua luta pelos direitos dos trabalhadores e do povo", sustenta o partido comunista. 

Mais, para o PCP, a comparação realizada pelo dirigente social-democrata com "lotações de estádios de futebol" finge "ignorar a diferença de área desses espaços com o terreno da Festa do Avante!". "É cerca de 20 vezes maior", é acrescentado. 

Assim, para a estrutura partidária, o comentário de Rui Rio "só pode ser compreendido por ma-fé e desonestidade política subjacentes aos tiques da conhecida intolerância democrática" do presidente do maior partido da oposição.  

Rui Rio partilhou, ontem, uma mensagem no Twitter, na qual comentou o facto de a ministra da Saúde ter referido, durante a conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia no país, que a lotação do evento comunista este ano terá de ser inferior à capacidade máxima habitual de 100 mil pessoas do recinto no Seixal, por causa da Covid-19. "Se reduzirem a lotação máxima [100.000 pessoas] em 50%, ela passará a corresponder ao Estádio do Porto ou do Sporting completamente cheios", atirou o presidente do PSD.  

Ainda sobre o assunto, a ministra assegurou, ontem, que, na Festa do Avante! "não será permitido o que está proibido nem proibido o que está permitido", e que "não haverá exceções" às regras adotadas pelas autoridades de saúde para conter o contágio pelo novo coronavírus.

"Ninguém entenderia que corrêssemos riscos adicionais por uma circunstância de tratamento especial, mas também ninguém entenderia que impuséssemos deveres adicionais àquilo que são as regras específicas com as quais temos estado a trabalhar em áreas como a restauração, os transportes públicos ou os eventos culturais", salientou a governante.

Entretanto, PCP escusou-se a adiantar mais informação sobre as medidas para a Festa do Avante! em análise com a Direção-Geral de Saúde, afirmando que são matérias do "foro do relacionamento" entre o partido e aquela entidade.

Na conferência de imprensa de apresentação da Festa do Avante! deste ano, no passado dia 4, o principal responsável da organização, Alexandre Araújo, garantiu que serão cumpridas escrupulosamente as regras de distanciamento e higiene impostos pelas autoridades.

O dirigente do PCP confirmou que a venda de bebidas alcoólicas, por exemplo, vai respeitar "legislação e regras em vigor", pois "neste momento é proibida a sua venda depois das 20h00, à exceção de estabelecimentos de restauração" e será isso que se vai passar nas quintas da Atalaia e do Cabo da Marinha, Amora, Seixal, entre 4 e 6 de setembro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório