Meteorologia

  • 06 JULHO 2020
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 36º

Edição

Rui Rio pede que "o Governo pague o que deve" ao setor social

O líder do PSD apresentou, esta quinta-feira, um pacote de medidas para a área social destinadas a minorar o impacto da Covid-19 nas famílias portuguesas.

Rui Rio pede que "o Governo pague o que deve" ao setor social

O presidente do PSD, Rui Rio, apresentou, a partir da sede do partido, em Lisboa, um pacote de medidas para a área social destinadas a minorar o impacto da Covid-19 nas famílias portuguesas.

O líder social-democrata iniciou a conferência de imprensa admitindo que está muito “preocupado” com a “perda de rendimentos” e o “aumento do desemprego”, anunciando nesse sentido que o PSD vai apresentar ao Executivo de António Costa “26 ideias”, das quais “o Governo poderá aproveitar umas e não aproveitar outras”.

Contudo, salientou Rui Rio, estas propostas não são "a receita infalível nem significam que, se o Governo não as aplicar, “está tudo mal”.

Rio explicou que o programa está dividido em dois grandes grupos, um de “respostas mais diretas à pandemia” e outro de “respostas mais estruturais”.

Quanto às respostas diretas à pandemia do novo coronavírus, o presidente do PSD começou por pedir que “o Governo pague o que deve” ao setor social, reiterando, que deve saldar "todas as dívidas".

Rui Rio pediu ainda a atualização extraordinária da comparticipação financeira da Segurança Social” e a “reativação de rede de cantinas sociais”, pois, defendeu, “tem de haver locais onde as pessoas possam fazer as suas refeições”, preferencialmente em take away, em em cantinas para os sem-abrigo para que estes possam ter mais "dignidade".

Antes de passar a palavra a Adão Silva, o líder do PSD propôs também “acordos de cooperação atípicos para respostas sociais não tipificadas”, que passam por “estimular e apoiar projetos inovadores que representem reconhecidas mais-valias para as políticas sociais de cooperação” e sublinhou a importância dos contratos locais de desenvolvimento social assim como do reforço do Fundo de Socorro Social.

Leia Também: PSD terá "seguramente um papel" para ajudar Portugal a sair da crise

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório