Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Alterativa a chumbo conduz a novo desacordo entre Passos e Portas

A mais recente nega por parte do Tribunal Constitucional (TC) colocou, mais uma vez, o dedo na ferida da coligação. Passos e Portas divergem na forma como deve ser contornado o chumbo: o primeiro-ministro quer cortar nas pensões, mas Portas ainda se sente ‘escaldado’ com a decisão e prefere jogar pelo seguro, aumento os impostos, lê-se no Expresso.

Alterativa a chumbo conduz a novo desacordo entre Passos e Portas

Há uma linha que separa Pedro Passos Coelho e Paulo Portas e essa linha chama-se ‘alternativa ao chumbo’. A decisão do Tribunal Constitucional (TC) voltou a azedar a coligação e agora os dois nomes fortes do Governo voltam a ter opiniões diferentes.

De acordo com o Expresso, Passos recusa-se a aumentar os impostos e prefere continuar a apostar nas pensões, tendo em mente um corte a aplicar nestas. O primeiro-ministro quer aplicar a via dos cortes globais nas pensões, justifica fonte próxima de Belém ao Expresso.

Já Portas não quer voltar a pisar a linha e prefere não mexer num tema já chumbado pelo Constitucional. De acordo com o Expresso, o vice-primeiro-ministro não quer depender novamente da decisão do Constitucional e prefere aplicar um aumento dos impostos no próximo ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório