Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

BE avisa Ventura: "Ideias racistas hão de ir parar ao caixote do lixo"

A propósito da polémica sobre a proposta do confinamento de ciganos, a coordenadora do Bloco de Esquerda acusou esta quinta-feira no debate quinzenal o Chega de ter "opiniões repugnantes" e André Ventura de "querer calar quem lhe faz frente".

BE avisa Ventura: "Ideias racistas hão de ir parar ao caixote do lixo"

Catarina Martins fez uma nota prévia na sua intervenção no debate quinzenal para afirmar que "às vezes, há uma linha ténue demais entre ignorar para não dar visibilidade a atrocidade ou, pelo silêncio, consenti-la". A coordenadora do Bloco de Esquerda referia-se assim à proposta "inqualificável" de André Ventura  sobre o "confinamento de pessoas tendo em conta a sua origem étnica". 

"[Ventura] teve a resposta que devia por um campeão português, Ricardo Quaresma, e veio logo sugerir que os futebolistas deviam ter direitos limitados à opinião", disse a coordenadora do Bloco, referindo-se à reação de André Ventura à posição tomada pelo jogador da Seleção Nacional e partilhada nas redes sociais em que o jogador criticava o "populismo racista" e a "ambição pelo poder" do deputado do Chega.

"Ficámos, portanto, a saber que o Chega não só tem opiniões repugnantes como André Ventura tem a cobardia de querer calar quem lhe faz frente", disse a bloquista, recebendo aplausos da sua bancada, dos deputados do PS e do PAN. 

Dirigindo-se ao deputado único do Chega, Catarina Martins disse que lutará "pelo seu direito a ter opiniões sobre futebol", garantindo, contudo, que também vai lutar "para acabar com a pouca vergonha de receber vários salários além do deputado".

"E no que disser respeito ao Bloco, fique certo que as suas ideias racistas hão-de ir parar ao caixote do lixo de onde nunca deviam ter saído", avisou, antes de iniciar a intervenção dirigida ao primeiro-ministro, na qual saudou Costa pela intervenção que fez pelas necessidades de desconfinamento e pelo alargamento do apoio social mesmo àqueles trabalhadores que não têm descontos.

André Ventura, recorde-se, garantiu esta quarta-feira que "não voltará atrás" na proposta para um plano específico de "abordagem e confinamento" para as comunidades ciganas, e que apresentará essa iniciativa mesmo sem apoio de outros partidos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório