Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 19º

PS quer ouvir IAPMEI sobre créditos para empresas

O grupo parlamentar do PS quer ouvir no parlamento o diretor do conselho diretivo do IAPMEI (Agência para a Competitividade e Inovação), sobre as soluções do Governo para o financiamento de crédito das empresas, face à covid-19.

PS quer ouvir IAPMEI sobre créditos para empresas
Notícias ao Minuto

19:46 - 14/04/20 por Lusa

Política IAPMEI

Num requerimento a que a Lusa teve acesso, os deputados socialistas Carlos Pereira e Hugo Costa lembram o lançamento inicial feito pelo Governo de uma linha de crédito covid-19 de apoio às empresas, à qual se juntaram entretanto quatro novas linhas "direcionadas aos setores mais afetados pela pandemia", que o executivo tem vindo a adaptar "às circunstâncias e aos pedidos que as empresas vão formulando".

"Sendo a IAPMEI uma entidade crucial neste processo, importa conhecer a sua avaliação sobre as soluções de financiamento de crédito das empresas que têm vindo a ser desenvolvidas", sustentam os deputados socialistas.

A bancada socialista sugere ainda ao presidente da Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, Pedro Coimbra, que a audição seja realizada em conjunto com a Comissão de Orçamento e Finanças, na Assembleia da República.

Na passada segunda-feira, o grupo parlamentar do PS pediu também a audição no parlamento da bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), Paula Franco, para perceber igualmente como é que os bancos estão a apresentar às empresas as linhas de crédito disponibilizadas pelo Governo.

Em declarações à agência Lusa, João Paulo Correia, vice-presidente do grupo parlamentar do PS, adiantou na altura que o objetivo é chamar a bastonária à Comissão de Orçamento e Finanças para saber "como é que os bancos estão a transmitir as linhas de crédito criadas pelo Governo às empresas que procuram esse apoio" para combater o impacto económico da pandemia de covid-19.

Na quinta-feira serão ainda votadas audições ao governador do Banco de Portugal (BdP) e aos cinco maiores bancos a operar em Portugal (Caixa Geral de Depósitos, Millennium BCP, Santander Totta, BPI e Novo Banco), mas o PS acredita que os esclarecimentos da bastonária podem ser importantes, para saber "que informação estão a receber das empresas relativamente ao comportamento e à conduta dos bancos", neste âmbito.

Ainda no início da crise, o Governo anunciou linhas de crédito no valor de 3.000 milhões de euros, com garantia de Estado, destinadas a suprir dificuldades de tesouraria de empresas.

Contudo, associações empresariais e fontes do setor financeiro indicaram que o valor é muito escasso face às grandes necessidades e que se esgota rapidamente.

O Governo pediu já à Comissão Europeia autorização para aprovar novas linhas de crédito, no valor global de 7.000 milhões de euros.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 120 mil mortos e infetou mais de 1,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Dos casos de infeção, cerca de 402 mil são considerados curados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 567 mortos, mais 32 do que na segunda-feira (+6,%), e 17.448 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 514 (+3%).

Recomendados para si

;
Campo obrigatório