Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2020
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 14º

Edição

PAN abandona comissão municipal de acompanhamento das dragagens do Sado

A deputada municipal do PAN em Setúbal, Suzel Costa, renunciou hoje à sua participação na Comissão Eventual da Assembleia Municipal de Setúbal para o Acompanhamento do Projeto da Melhoria das Acessibilidades Marítimas ao Porto de Setúbal.

PAN abandona comissão municipal de acompanhamento das dragagens do Sado
Notícias ao Minuto

19:15 - 06/12/19 por Lusa

Política PAN

"Não foi a primeira vez que houve uma tentativa de silenciamento da minha voz, com o argumento de que a matéria que eu estava a abordar não se enquadrava no âmbito desta comissão, quando aquilo que eu estava a transmitir eram argumentos contrários ao avanço das dragagens", disse à agência Lusa Suzel Costa.

"Não me permitiram que fizesse uma exposição desses argumentos, onde pretendia apenas salientar que estas dragagens não são imprescindíveis porque não são apenas dragagens de manutenção, mas de alagamento e aprofundamento do canal de navegação, pelo que colocam em causa o equilíbrio de todo um ecossistema", acrescentou Suzel Costa.

Segundo a deputada municipal, o presidente da Comissão eventual de Acompanhamento do Projeto da Melhoria das Acessibilidades Marítimas ao Porto de Setúbal entende que o âmbito da comissão é apenas sobre a "deposição de sedimentos dragados".

"Não concordo [com a posição do presidente da comissão] e entendo que, se não posso transmitir a minha posição sobre esta matéria, não estou lá a fazer nada, pelo que renunciei à minha participação na comissão de Acompanhamento do Projeto da Melhoria das Acessibilidades Marítimas ao Porto de Setúbal", disse.

"Sendo de aprofundamento e não de manutenção, estas dragagens não são imprescindíveis e colocam em causa o equilíbrio de todo um ecossistema com estatuto de proteção internacional e, como afirmou recentemente Viriato Soromenho-Marques, vão 'em contracorrente com aquilo que deveria ser uma política coerente e de proteção das condições biofísicas do nosso futuro'", acrescenta, em comunicado, a deputada municipal do PAN.

Para a deputada do PAN, além das consequências ambientais, as dragagens também vão ter "impactos socioeconómicos nas atividades marítimo-turísticas - que ganham cada vez mais importância na região - e na pesca".

"As três organizações de pescadores ouvidas pela comissão estão contra a deposição dos sedimentos dragados na zona da restinga", recorda no documento.

O navio-draga Breydel chegou hoje ao estuário do Sado para iniciar as dragagens já na próxima semana, de acordo com a informação avançada na terça-feira à agência Lusa pela Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório