Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 15º

Edição

"Esperamos que empresas dos EUA se apresentem ao concurso de Sines"

Mike Pompeo, o secretário de Estado norte-americano, e o ministro Augusto Santos Silva deram uma conferência de imprensa no Ministério dos Negócios Estrangeiros, durante a manhã desta quinta-feira.

"Esperamos que empresas dos EUA se apresentem ao concurso de Sines"

"Portugal é um país muito aberto ao investimento estrangeiro que temos conseguido atrair de forma crescente", começou por declarar o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Ao lado de Mike Pompeo, o secretário de Estado norte-americano, o governante português deixou um convite às empresas dos EUA

"Vai decorrer o concurso para o segundo terminal de contentores de Sines. Esperamos que muitas empresas dos EUA se apresentem a esse concurso", disse, na conferência de imprensa que contou com a presença de vários jornalistas nacionais e internacionais. 

Antes, Augusto Santos Silva sublinhou também que o investimento estrangeiro em Portugal "tem até agora cumprido, e cumprirá também no futuro, todas as regras da legislação portuguesa e europeia". 

"Nós não partilhamos a posição americana em relação aos colonatos em Israel"

Questionado pela comunicação social estrangeira sobre a posição de Portugal sobre a anexação dos colonatos em Israel, Santos Silva reafirmou que o Governo português tem uma posição diferente da dos EUA, mas que Portugal "obviamente" respeita a posição norte-americana, "tal como os norte-americanos respeitam a posição europeia". 

"Ainda assim, um dos motivos para que as nossas reuniões bilaterais sejam tão produtivas é porque nos focamos nas matérias em que convergimos, em agendas em que ambos possamos acrescentar valor", sustentou. 

Refira-se que o primeiro-ministro, António Costa, recebeu hoje o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, em São Bento, numa reunião em que esteve em análise o atual quadro de relações bilaterais entre Portugal e os Estados Unidos.

Após esta passagem por Portugal, o chefe da diplomacia norte-americana segue ainda hoje para Marrocos. Inicialmente, a diplomacia norte-americana tinha anunciado que Mike Pompeo estaria em Lisboa na sexta-feira (dia 6 de dezembro), após passagem pelo Reino Unido e por Marrocos.

Pompeo e Netanyahu, que também chegou na quarta-feira a Lisboa, mantiveram ao fim da tarde desse dia um encontro em que o primeiro-ministro israelita elogiou as sanções dos Estados Unidos contra o Irão, e disse que a pressão financeira fez aumentar os protestos contra a influência de Teerão no Médio Oriente pedindo medidas mais duras.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório