Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2020
Tempo
MIN 7º MÁX 13º

Edição

Rio protagonizou "um dos momentos mais negativos da história do PSD"

Entende Carlos Abreu Amorim que Montenegro saiu vitorioso do debate entre os candidatos à liderança do PSD.

Rio protagonizou "um dos momentos mais negativos da história do PSD"

Os três candidatos à liderança do PSD protagonizaram um debate, na noite desta quarta-feira, e Luís Montenegro saiu vitorioso, no entendimento de Carlos Abreu Amorim.

Os sociais-democratas 'digladiaram-se' num frente a frente rumo às diretas de 11 de janeiro, expuseram argumentos e ouviram críticas. Neste que foi um "debate difícil", como classificou o ex-vice-presidente da bancada parlamentar do PSD, Montenegro ganhou porque "foi consistente, claro e firme, durante o tempo todo".

Já quanto a Rui Rio, defendeu o ex-deputado numa publicação na sua página oficial de Facebook, "infelizmente entendeu ser útil iniciar o debate com ataques pessoais aos adversários e acusações que pareciam retiradas do pior daquilo que caricaturalmente se costuma apelidar de 'conversa de Ervanária'". Foi, no seu prisma, "um dos momentos mais negativos da história do PSD" que presenciou.

O terceiro elemento, Pinto Luz, "esteve melhor" do que Carlos Abreu Amorim esperava, "mas falhou quando se quis distanciar de Montenegro na questão dos acordos com Costa - sob pena de incoerência, não se pode discordar de Rio nesta e noutras estratégias fundamentais e, depois, concluir que está disposto a fazer o mesmo...".

Em suma, reitera o social-democrata que "Montenegro venceu claramente porque demonstrou que é o único candidato capaz de construir uma alternativa séria e credível ao projeto de poder socialista". 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório