Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

"Vamos ter semianalfabetos mas com habilitações literárias do 9.º ano"

Deputada da bancada social-democrata comparou a intenção do Governo em acabar com os chumbos até ao 9.º ano de escolaridade com medidas "à moda do antigo leste".

"Vamos ter semianalfabetos mas com habilitações literárias do 9.º ano"

A deputada do PSD Mónica Quintela fez severas críticas à polémica intenção do Governo socialista em acabar com a retenção de alunos até ao final do 9.º ano, ecoando os ataques realizados por Rui Rio a António Costa durante o primeiro debate quinzenal desta legislatura, que decorreu esta quarta-feira. 

“Vamos ter semi analfabetos, mas com habilitações literárias do 9.º ano. E como vão prosseguir os estudos sem base?! E é justo para os que estudam?!”, começou por questionar a advogada numa publicação partilhada hoje nas redes sociais. 

A deputada, que concorreu às eleições legislativas como cabeça-de-lista do PSD por Coimbra, foi mais longe e comparou a medida do novo programa do Executivo a uma "medida à moda do antigo regime leste". 

Mónica Quintela justificou o comentário argumentando que "independentemente do mérito ou trabalho, [os alunos] têm o mesmo resultado". 

"O governo a poupar causando prejuízo grave", concluiu. 

É de recordar que, ontem, em entrevista à Lusa, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, esclareceu alguns pontos sobre a estratégia do Governo para o ensino nesta legislatura. Sobre a polémica medida, o governante sublinhou que o plano de redução de retenções dos alunos não significa a "eliminação administrativa" dos "chumbos", mas sim um trabalho de acompanhamento mais próximo dos estudantes que revelam mais dificuldades.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório