Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Galamba recebido com protesto lembra que "existência humana tem impactos"

O secretário de Estado Adjunto e da Energia foi recebido em Boticas, Vila Real, com protestos por parte dos populares que contestam a exploração de lítio naquele local.

Galamba recebido com protesto lembra que "existência humana tem impactos"

João Galamba foi recebido em Boticas por populares que contestam a exploração de lítio. O secretário de Estado Adjunto e da Energia acabou, ao contrário do que foi inicialmente avançado, por visitar o Centro de Informação de Covas do Barroso, bem como os locais onde estão a decorrer os trabalhos de pesquisa e prospeção. Aí “foi possível falar com pessoas da aldeia mais próxima num ambiente descontraído e normal onde as pessoas fizeram as suas críticas e expressaram as suas dúvidas”.

Em declarações aos jornalistas, João Galamba lamentou que o grupo de manifestantes “não pareceu muito disponível para conversar”, mas garantiu que o Governo tem “toda a disponibilidade e interesse” em discutir o tema.

Sobre o projeto na Cova do Barroso, o secretário de Estado disse que o mesmo se encontra em “fase de elaboração de estudo de impacte ambiental” que depois será “discutido em sede própria”.

Quanto às críticas dos populares relativamente às consequências ambientais e visuais para a região, Galamba foi perentório: “A existência humana tem impactos. Toda a nossa vida tem impactos. A ideia de que pode haver existência humana sem impactos ambientais é ficção. O que vamos discutir é como minimizar esses impactos”.

Garantindo que a extração de lítio é exatamente equivalente a uma pedreira de granito”, o secretário de Estado quis “sossegar as pessoas que pensam que o lítio vai provocar uma transformação muito significativa nesses territórios” lembrando que “convivem há muito tempo tranquilamente com pedreiras de lítio e minas de quartzo”.

“O caso das Pedras Salgadas e do Vidago é paradigmático: tem uma gigantesca mina de granito ao lado das termas e água continua a ser saudável e a vida continua a decorrer com normalidade”, rematou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório