Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Marcelo espera receber amanhã o primeiro-ministro que irá indigitar

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que espera receber ainda na terça-feira o primeiro-ministro que irá indigitar, após ouvir os dez partidos com representação parlamentar.

Marcelo espera receber amanhã o primeiro-ministro que irá indigitar

"Espero ainda amanhã [terça-feira], se for possível, em termos de tempo, depois receber em Belém o primeiro-ministro que vier a resultar em termos de indigitação da audição dos partidos", declarou o chefe de Estado aos jornalistas, à saída de uma iniciativa no Centro de Congressos do Estoril.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, existe "uma razão de urgência", que é a realização de "um Conselho Europeu muito importante para discutir o Brexit antes do dia 31 de outubro", na próxima semana.

"Conviria que o primeiro-ministro indigitado ouvisse os partidos numa composição diferente do parlamento, portanto, já deste parlamento acabado de eleger, sobre os temas europeus, antes da tomada de posição no Conselho Europeu", considerou.

 "O Presidente vai fazer tudo para que haja estabilidade"

"O que eu tenciono ouvir das forças políticas e dizer às forças políticas é que, tal como na legislatura anterior, o Presidente vai fazer tudo para que haja estabilidade", afirmou o chefe de Estado aos jornalistas, à saída de uma iniciativa no Centro de Congressos do Estoril, no concelho de Cascais.

Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou que, para já, "o Presidente da República deve ouvir os partidos, indigitar o primeiro-ministro, depois haverá tempo para o primeiro-ministro proceder às diligências para a formação do Governo".

"Se me perguntam: o Presidente está empenhado? Está exatamente empenhado na estabilidade como esteve na última legislatura", reforçou.

Maratona de audições em Belém a começar pelo Livre e a acabar no PS

Na sequência das eleições legislativas de domingo, que os socialistas venceram sem maioria absoluta, o Presidente da República convocou os dez partidos que elegeram deputados - PS, PSD, BE, PCP, CDS-PP, PAN, PEV, Chega, Iniciativa Liberal e Livre - para audições no Palácio de Belém na terça-feira entre as 11h30 e as 20h00, por ordem crescente de representação parlamentar, "tendo em vista a indigitação do primeiro-ministro".

O artigo 187.ª da Constituição da República Portuguesa estabelece que "o primeiro-ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório