Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

"O 'Centeno' de Rui Rio nem nas listas do PSD está", atira Costa

Se durante o debate desta manhã o tom entre António Costa e Rui Rio foi cordial, o mesmo não se verificou à saída do mesmo.

"O 'Centeno' de Rui Rio nem nas listas do PSD está", atira Costa

António Costa não ficou agradado com o facto de Rui Rio ter dito, em pleno debate, que Mário Centeno apenas se mantém como ministro das Finanças até deixar de ser presidente do Eurogrupo.

À saída da Faculdade de Medicina Dentária, em Lisboa, onde se realizou o último embate a sós com Rui Rio, António Costa disparou na direção do líder do PSD, sem confirmar ou desmentir, a afirmação do adversário.

“O que sabemos é que [Mário Centeno] está plenamente em funções, é candidato a deputado e participou na elaboração do Governo. Já aquele doutor Sarmento, a quem Rui Rio chama o seu ‘Centeno’, nem sequer nas listas do PSD está e pior: escreveu um livro onde se propunha eliminar as 35 horas”, atirou o primeiro-ministro.

Nesta senda, António Costa reiterou que “um dos traços mais preocupantes dos debates é a inconsistência das posições políticas do PSD”.

No primeiro debate, recordou, “foi evidente a trapalhada sobre o aeroporto; agora, foi muito evidente a trapalhada com os passes sociais, metendo as mãos pelos pés para explicar se os mantém ou não em vigor”.

Ainda a este respeito, António Costa acusou Rui Rio de ter uma “pobreza de posições relativamente a questões fundamentais”, sendo que a “única ideia que fica sobre a Educação é que fizemos mal em vincular os 8 mil professores que há décadas estavam em contratação a prazo”.

Em jeito de conclusão, o primeiro-ministro disse estar “muito surpreendido” pelo facto de o líder do PSD, que é “economista”, ter um “total desconhecimento do que se está a passar na economia portuguesa”.

Já antes e também à saída da Faculdade de Medicina Dentária, Rui Rio havia confirmado quem é, afinal, o seu 'Centeno', frisando que António Costa sabe que o que disse sobre a saída de Mário Centeno é a verdade dos factos, tanto que o primeiro-ministro não desmentiu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório