Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

Eurosondagem: Se as eleições fossem hoje, André Ventura era eleito

Os dados constam de um estudo de opinião da Eurosondagem que aponta ainda para uma larga vitória do Partido Socialista nas eleições legislativas de 6 de outubro.

Eurosondagem: Se as eleições fossem hoje, André Ventura era eleito

A Eurosondagem levou a cabo, nos dias 18 e 19 de setembro, um estudo de opinião para conhecer a intenção de voto dos eleitores residentes no distrito de Lisboa.

A conclusão, a que o Notícias ao Minuto teve acesso, é a de que o Chega conseguiria eleger um deputado: André Ventura.

Se as eleições fossem hoje, o líder do polémico e recém-partido criado Chega conseguiria captar, no mínimo, 1,8% dos votos no círculo por Lisboa, pelo qual concorre.

De acordo com o estudo da Eurosondagem, a projeção aponta ainda para um resultado que poderá chegar aos 2,2%, “presumindo que os inquiridos que responderam ‘não sabe/não responde’ se abstêm”.

O inquérito da Eurosondagem revela ainda que o grande vencedor em Lisboa seria António Costa com 33,4% dos votos, mas com uma projeção que chega aos 40%, deixando o PSD muito atrás, com apenas 16% das intenções de voto e uma projeção de 19,1%.

Já a terceira força política mais votada em Lisboa seria, segundo este estudo, o Bloco de Esquerda (8,5%-10,1%), seguido pela CDU (6,4%-7,7%), CDS-PP (5,5%-6,6%), PAN (3,8%-4,5%) e Chega (1,8%-2,2%).

Traduzindo estas percentagens em mandatos, o PS elegeria 22 deputados, o PSD dez, o Bloco cinco, a CDU quatro, o CDS três, o PAN dois e o Chega um. Também um seria o número de deputados eleitos por "outro partido".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório