Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

PS promete resolver problemas da saúde e das ligações do Porto Santo

O cabeça de lista do PS às eleições regionais da Madeira prometeu hoje resolver os problemas dos transportes, saúde e ligações aéreas do Porto Santo, considerando que sendo uma ilha aquele território precisa de uma "discriminação positiva".

PS promete resolver problemas da saúde e das ligações do Porto Santo
Notícias ao Minuto

21:07 - 12/09/19 por Lusa

Política Eleições

Paulo Cafôfo deslocou-se hoje ao Porto Santo, na altura em que decorre mais uma edição do Festival Colombo, cartaz turístico que assinala a passagem do navegador Cristóvão Colombo, antes de rumar às Américas, que faz a ilha regressar ao passado durante três dias, para mais uma ação de contacto com a população no âmbito da campanha eleitoral.

"Viemos mais uma vez ao Festival Colombo, este cartaz turístico da 'Ilha Dourada' [nome dado devido à praia de areia amarela fina com nove quilómetros de extensão] para contactar com as pessoas e focar as propostas para o futuro" que o PS preconiza nestas eleições, declarou o candidato.

Paulo Cafôfo argumentou que "mais do que uma ilha, o Porto Santo tem a dupla insularidade", pelo que é necessário ter uma política de "discriminação positiva para inverter e resolver" os problemas daquele território, onde residem cerca de 5.000 pessoas.

"Não basta ter o Porto Santo no coração, é preciso termos a racionalidade e capacidade de resolver os problemas" desta ilha, vincou.

O candidato apontou que um dos principais problemas é a questão do transporte marítimo, prometendo que, caso seja eleito, vai abrir um concurso para assegurar que exista uma ligação Funchal-Porto Santo todos os dias da semana.

O caderno de encargos, acrescentou, vai incluir que seja assegurada a ligação marítima em janeiro, mês em que é habitual o navio que a assegura, o Lobo Marinho, ir para manutenção anual.

A ideia é que "o ferry que faz a ligação entre a Madeira e o continente possa fazer escala no Porto Santo e servir a população para que a ilha não fique um mês sem este importante meio de transporte marítimo".

Na área da saúde, o cabeça de lista socialista apontou que se este setor "tem sido um problema na Madeira, no Porto Santo ainda mais o isolamento se faz sentir".

Por isso, preconiza que o centro de saúde do Porto Santo tenha um médico de Medicina Interna, algo que considerou "fundamental, uma maior segurança para os outros profissionais de saúde, médicos, enfermeiros e outros técnicos", com forma de "garantir outra qualidade dos serviços de saúde, além da presença semanal de um médico pediatra".

Paulo Cafôfo ainda destacou como outro problema daquela ilha o desemprego, uma situação agravada pela sazonalidade turística.

"O Porto Santo tem uma grande potencialidade de turismo, a promoção tem que ser feita noutro formato, diferente da que é feita na Madeira", sustentou.

O candidato destacou que a "perspetiva" da candidatura do PS é apostar na captação "de novas companhias para rotas diretas dos mercados emissores" que passem a "contemplar o Porto Santo para ter turistas".

Paulo Cafôfo argumentou que o Porto Santo é uma "ilha que tem um enorme potencial", sublinhando ser necessário ter a "capacidade para incentivar e apoiar companhias aéreas que possam trazer turistas, preencher as camas e dinamizar toda uma economia face à importância que o turismo tem enquanto setor alavanca da economia".

As eleições regionais legislativas da Madeira, onde os sociais-democratas governam com maioria absoluta, decorrem em 22 de setembro, com 16 partidos e uma coligação a disputar os 47 lugares no parlamento regional: PDR, CHEGA, PNR, BE, PS, PAN, Aliança, Partido da Terra-MPT, PCTP/MRPP, PPD/PSD, Iniciativa Liberal, PTP, PURP, CDS-PP, CDU (PCP/PEV), JPP e RIR.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório