Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

PS defende autonomia "firme e intransigente" em "articulação" com Estado

O cabeça de lista do PS às eleições legislativas da Madeira, Paulo Cafôfo, afirmou hoje que defende de forma "firme e intransigente" a autonomia, mas vincou que também privilegia a "articulação" com o Estado e a República.

PS defende autonomia "firme e intransigente" em "articulação" com Estado
Notícias ao Minuto

20:48 - 09/09/19 por Lusa

Política Paulo Cafôfo

"Eu concebo esta autonomia não de uma forma isolada (...), mas uma autonomia onde se possa estabelecer pontes de articulação e de negociação com o governo português e com a República", disse o candidato independente apoiado pelo PS durante a apresentação do programa eleitoral, na vila da Ponta do Sol, concelho da zona oeste da Madeira.

"É esta autonomia que eu efetivamente acredito", declarou, considerando que quando o regime autonómico é encarado de modo isolado torna os madeirenses "ainda mais pequenos que a ilha" ou então "amplia a insularidade".

Paulo Cafôfo assegurou que tem propostas e capacidade para as executar, sublinhando que o programa do PS se orienta por eixos como emprego e oportunidades, saúde e solidariedade, qualidade de vida e defesa do ambiente, apoio à causa animal, promoção da cultura e da ciência, e defesa da administração pública.

Neste caso, o candidato garante que "não haverá perseguições aos funcionários públicos", antes pelo contrário, promete que serão "apaparicados".

"O programa está fechado e nós estamos preparados", vincou, criticando, por outro lado, os "velhos do Restelo da política", que "não sentem o vento da mudança" e acham que "não é possível" o Partido Socialista vencer as eleições.

Paulo Cafôfo disse que reage contra essa atitude com "determinação, vontade e coragem", numa alusão ao 'slogan' de campanha: "Coragem para mudar".

"Este termo coragem é real e é verdadeiro, é nosso e das pessoas, que depois destes anos do Cabo da Tormentas vão dar o Cabo da Boa Esperança aos madeirenses e porto-santenses já no dia 22", declarou.

O PS tem cinco deputados no parlamento regional.

As eleições regionais legislativas da Madeira, onde os sociais-democratas governam com maioria absoluta, decorrem em 22 de setembro, com 16 partidos e uma coligação a disputar os 47 lugares no parlamento regional: PDR, CHEGA, PNR, BE, PS, PAN, Aliança, Partido da Terra-MPT, PCTP/MRPP, PPD/PSD, Iniciativa Liberal, PTP, PURP, CDS-PP, CDU (PCP/PEV), JPP e RIR.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório