Meteorologia

  • 11 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Alfredo Barroso. Costa "escandalizou" Rio que "saltou em defesa do BE"

Alfredo Barroso comenta o facto de o líder do PSD, Rui Rio, ter dito que as críticas do primeiro-ministro ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas nas legislativas.

Alfredo Barroso. Costa "escandalizou" Rio que "saltou em defesa do BE"

O socialista Alfredo Barroso comentou, na sua página de Facebook, a entrevista do primeiro-ministro António Costa ao semanário Expresso, publicada este fim de semana. Num texto intitulado "A delicadeza e elegância das relações entre os partidos", o ex-deputado usa um tom irónico para chamar "malcriadão" ao chefe do Executivo.

Na publicação, que o próprio chama de "ensaio relâmpago", Alfredo Barroso usa uma frase de António Costa ao semanário como ponto de partida. O primeiro-ministro referiu que o PCP "é um verdadeiro partido de massas e o Bloco é um partido de 'mass media'" e que isto "torna os estilos de atuação diferentes". "Não me compete a mim dizer qual é melhor ou pior, não voto nem num nem noutro", afirmou Costa. 

"Mas então isso diz-se, dr. António Costa? Então o senhor atreve-se a proferir um grande 'palavrão', daqueles que não podem nem devem ser usados nos confrontos políticos entre os partidos!", ironiza Barroso.

O também ex-secretário de Estado 'chama' depois Rui Rio. "Claro que vai dizer-me que não disse 'palavrão' nenhum, limitando-se a exprimir um ponto de vista - e eu até estou plenamente de acordo. Mas veja só como escandalizou o dr. Rui Rio, presidente do PPD-PSD, que saltou logo em defesa da honra do Bloco de Esquerda!", escreve. 

"E veja só como o BE se sentiu ofendido, ao melhor estilo 'ó da guarda, peixe frito, quem me acode se não eu grito'... É que, tanto Assunção Cristas, do CDS-PP, como Rui Rio, do PPD-PSD, como Catarina Martins, do BE, como Jerónimo de Sousa, do PCP, portam-se impecavelmente, como 'ladies & gentlemen', no trato político quotidiano com o PS, com o seu secretário-geral, António Costa, e com o primeiro-ministro do actual Governo, que, não por acaso, também é António Costa. Tudo com muita delicadeza e elegância, sempre dentro das conveniências, estilo 'não me toques que me desafinas' - e isso é muito bom para a democracia...", considerou ainda. 

De lembrar que o líder do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as críticas de António Costa ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas nas eleições legislativas.

"O que eu pessoalmente não acho bonito - e isso eu não faço - é, por exemplo, o que está a fazer o Partido Socialista, que andou com o Bloco de Esquerda de braço dado durante quatro anos [...] e agora que precisa está com medo de que os votos da esquerda fujam para o BE", disse Rio.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório