Meteorologia

  • 15 SETEMBRO 2019
Tempo
28º
MIN 21º MÁX 29º

Edição

Rio "de cócoras" a confecionar tapetes quer país governado "bem de pé"

O líder do PSD, Rui Rio, esteve um minuto "de cócoras" a confecionar tapetes floridos em Viana do Castelo, na noite de segunda-feira, assumindo que aquela posição é desaconselhada para governar o país.

Rio "de cócoras" a confecionar tapetes quer país governado "bem de pé"
Notícias ao Minuto

06:16 - 20/08/19 por Lusa

Política PSD

"Isto [confeção dos tapetes] é bem mais fácil do que governar o país. Mas há uma diferença: aqui temos de estar de cócoras, mas para governar o país devemos estar bem de pé", referiu.

Rui Rio participou esta segunda-feira numa arruada "laranja" na Romaria d'Agonia, em Viana do Castelo, tendo havido alguém que o confundiu com o Presidente da República.

"Hoje só me confundiram com o Presidente da República", brincou Rio, lembrando que também já houve quem lhe tivesse chamado Santana Lopes.

No entanto, nesta arruada em Viana, houve também quem tivesse vincado o "contraste" entre Rio e Marcelo no contacto com as massas.

"Isto se fosse o Marcelo, já estava aí tudo cheio de 'selfies' e sei lá que mais. Ele [Rio] não fala a ninguém...", atirava um transeunte.

Houve também quem implicasse com o cravo branco que Rio levava na lapela.

"O cravo tem de ser é vermelho", referia outro popular.

Já uma jovem fez questão de tirar uma selfie com Rio e teceu um elogio rasgado: "deixou a Câmara do Porto 'top'".

Rui Rio partilhou o 'palco' da Romaria d'Agonia com o primeiro-ministro, António Costa, mas as duas comitivas não se chegaram a cruzar.

O líder do PSD garantiu que o facto de não se ter cruzado com Costa foi mero acaso e que não houve qualquer preocupação em evitar o encontro.

"O nosso percurso não estava definido, andamos para cima e para baixo, consoante calha. Não estamos a ir ao encontro [do primeiro-ministro] nem a evitar. Se o visse, cumprimentava-o e pronto", referiu.

Reiterou ainda o líder social-democrata que este período pré-eleitoral não é para conversas sobre as reformas de que o país precisa, mas sim para marcar as diferenças entre o PSD e os outros.

No programa da Romaria d'Agonia, esta foi a 'noite dos tapetes' confecionados nas ruas da Ribeira, para hoje passar a procissão ao mar, um dos números mais emblemáticos da festa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório