Meteorologia

  • 15 SETEMBRO 2019
Tempo
28º
MIN 21º MÁX 29º

Edição

Num ano com três eleições, não há "espaços para entendimentos"

O líder do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que os partidos devem procurar entendimentos sobre as "grandes questões nacionais", mas só depois das eleições legislativas de 6 de outubro.

Num ano com três eleições, não há "espaços para entendimentos"
Notícias ao Minuto

20:07 - 19/08/19 por Lusa

Política Rui Rio

Em Caminha, distrito de Viana do Castelo, à margem de uma visita à exposição Arte na Leira, na Serra d'Arga, Rio sublinhou que num ano com três atos eleitorais não há "espaços para entendimentos".

"Acho que os partidos, sejam quais forem, PS PSD, PCP, CDS, devem procurar entender-se sobre o que são as grandes questões nacionais. Agora, há um momento para tudo, não é a mês e meio de eleições ou particularmente num ano como 2019 em que tivemos eleições europeias, temos eleições regionais e temos eleições nacionais que há espaços para entendimentos", referiu.

O líder do PSD, que falava aos jornalistas, respondeu desta forma a uma pergunta sobre se esta noite, se se cruzar com o primeiro-ministro em Viana do Castelo, o iria criticar pessoalmente pela alegada atuação "eleitoralista" do Governo durante a crise energética.

"Mesmo que eu o encontre, não há nenhum entendimento para fazer neste momento", disse ainda Rui Rio.

O primeiro-ministro, António Costa, e o líder do PSD estão esta noite em Viana do Castelo, para assistir à confeção dos tapetes floridos por onde na quarta-feira vai passar a procissão ao mar, um dos momentos mais emblemáticos da Romaria d'Agonia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório