Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2019
Tempo
24º
MIN 21º MÁX 26º

Edição

"Sozinhos e perdidos nas contas". Eis o filme da Direita, segundo Centeno

Partido Socialista aprova este sábado o programa eleitoral na Convenção Nacional do partido. Mário Centeno fez um balanço dos quatro anos da legislatura que agora chega ao fim. Centeno já usou da palavra para enaltecer os sucessos da governação: "O tempo das derrapagens é hoje passado", disse.

"Sozinhos e perdidos nas contas". Eis o filme da Direita, segundo Centeno

O ministro das Finanças arrancou a Convenção Nacional do PS, no Pavilhão Carlos Lopes, para fazer um balanço dos quatro anos, onde referiu que foram cumpridas todas as metas que estavam no programa do PS e do Governo, enaltecendo o sucesso governativo reconhecido a nível internacional. 

"Tomámos todas as medidas que tínhamos incluído no programa eleitoral para cumprir este objetivo", disse o responsável da pasta das Finanças de Portugal. 

"Isto quer dizer que o tempo dos improvisos, dos retificativos, das derrapagens orçamentais é hoje passado", prosseguiu. 

Se  "tivesse que usar um título para um filme do que teria sido esta legislatura para a nossa Direita, Centeno colocava o seguinte: 'Sozinhos e perdidos nas contas'". 

"Foi exatamente isso que aconteceu ao longo desta legislatura. Pelo contrário, o Governo do PS apresentou um plano e cumpriu-o mês a mês, ano a ano", rematou. 

O programa eleitoral começará depois a ser apresentado aos delegados à convenção ao início da tarde, cabendo a intervenção inicial ao diretor do gabinete de estudos do PS, João Tiago Silveira, seguindo-se o redator principal do programa, Tiago Antunes.

Neste período da tarde, as medidas do programa serão depois divulgadas em cinco fases, até ao discurso de encerramento a cargo de António Costa.

No capítulo dedicado à 'Boa governação', a apresentação de medidas caberá aos ministros Augusto Santos Silva, Mariana Vieira da Silva e Mário Centeno, e à secretária de Estado Alexandra Leitão.

A questão do desafio das alterações climáticas será introduzida pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, com a ministra da Saúde, Marta Temido, a fazer o mesmo pouco depois sobre o capítulo do combate às desigualdades.

O ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, será o moderador da apresentação das medidas sobre demografia, enquanto o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, irá moderar uma sessão sobre os desafios da sociedade digital.

De acordo com a organização desta iniciativa, nesta parte da tarde da convenção, passarão pelo palco do pavilhão Carlos Lopes cerca de duas dezenas de oradores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório