Meteorologia

  • 22 AGOSTO 2019
Tempo
29º
MIN 23º MÁX 33º

Edição

Vital Moreira critica o "arcaísmo" da ferrovia num "país esquizofrénico"

O antigo eurodeputado lamenta que o Governo não tenha dedicado a "atenção que o avançado estado de decadência justificava".

Vital Moreira critica o "arcaísmo" da ferrovia num "país esquizofrénico"

Um dia depois de o primeiro-ministro António Costa ter realçado o papel “fundamental” da ferrovia na internacionalização da economia portuguesa, Vital Moreira não esconde o seu desagrado pelo estado em que ela se encontra. Num texto publicado no blog Causa Nossa, o socialista começa por abordar o dualismo que se verifica em Portugal.

Ao mesmo tempo que exibe indicadores de modernidade de vanguarda (startups tecnológicas, inovação, etc.), Portugal mantém traços do maior arcaísmo em infraestruturas, como sucede no caso da ferrovia”, afirma, exemplificando com o “mau estado” da linha ferroviária, “falta e velhice do material circulante, incumprimento de horários e de circulações”.

Para Vital Moreira, a ferrovia foi “vítima de décadas de desinvestimento público e da continuada prioridade política conferida à rodovia”. O antigo eurodeputado lamenta que o “Governo agora em fim de mandato” também não lhe tenha dedicado a “atenção que o avançado estado de decadência justificava, tendo o investimento público sido sacrificado à prioridade da recuperação de rendimentos (os comboios não votam...)”.

Um dos exemplos deste “atraso estrutural” é a “conclusão (atrasada, como sempre) de alguns troços da eletrificação das linhas do Minho e do Douro, ambas longe de concluídas - isto já bem dentro do século XXI!”, como salientou Vital Moreira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório