Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Muitas estreias entre 21 deputados portugueses no novo Parlamento Europeu

Mais de metade dos 21 eurodeputados portugueses que tomam posse na terça-feira, em Estrasburgo, para a legislatura 2019-2024 do Parlamento Europeu são estreantes, destacando-se a renovação na lista do PS e a estreia absoluta de um partido, o PAN.

Muitas estreias entre 21 deputados portugueses no novo Parlamento Europeu
Notícias ao Minuto

12:16 - 01/07/19 por Lusa

Política Estrasburgo

Vencedor das eleições europeias de 26 de maio passado em Portugal, o PS elegeu nove deputados (mais um do que em 2014), sendo que apenas dois transitam da anterior legislatura, Pedro Silva Pereira e Carlos Zorrinho, registando-se nada menos que sete estreias, entre as quais a de Pedro Marques, que foi o cabeça de lista dos socialistas.

Já o PSD, que elegeu seis deputados (perdeu um face à anterior legislatura), apresenta apenas dois estreantes, Lídia Pereira e Álvaro Amaro, já que 'repetiu' o cabeça-de-lista e da delegação, Paulo Rangel, reelegeu José Manuel Fernandes e Cláudia Monteiro de Aguiar, e Maria da Graça Carvalho volta ao Parlamento Europeu, onde já foi deputada entre 2009 e 2014.

Terceiro partido mais votado, o Bloco de Esquerda elegeu, além da cabeça-de-lista Marisa Matias -- eurodeputada há já 10 anos, desde 2009 -, José Gusmão, outro estreante, enquanto o Partido Comunista, que também elegeu dois deputados (menos um do que na anterior legislatura), mantém o cabeça-de-lista João Ferreira, a quem se junta a estreante Sandra Pereira.

A delegação do CDS-PP continua 'entregue' a Nuno Melo, que também vai cumprir o seu terceiro mandato, e o 21º eurodeputado é um estreante de um partido que também se estreia em representação parlamentar na assembleia europeia: Francisco Guerreiro, do Partido dos Animais, da Natureza e das Pessoas.

Num contexto de tantas 'caras novas', a nova legislatura marca a despedida de dois 'históricos', o social-democrata Carlos Coelho, que era eurodeputado desde 1998 mas não foi eleito, e a socialista Ana Gomes, deputada ao PE desde 2004, que abdicou de integrar a lista do PS por considerar precisamente que já tinha cumprido o número suficiente de mandatos (três).

Portugal terá uma representação parlamentar com um grande equilíbrio de género, com 11 homens e 10 mulheres, sendo a mais jovem a social-democrata Lídia Pereira (27 anos), quase 40 anos mais nova do que o seu colega de bancada Álvaro Amaro e do que a antiga ministra socialista Maria Manuel Leitão Marques (ambos com 66 anos).

Lista dos 21 deputados portugueses ao Parlamento Europeu para a legislatura 2019-2024:

PS (9 deputados): Pedro Marques, Maria Manuel Leitão Marques, Pedro Silva Pereira, Margarida Marques, André Bradford, Sara Cerdas, Carlos Zorrinho, Isabel Santos e Manuel Pizarro.

PSD (6): Paulo Rangel, Lídia Pereira, José Manuel Fernandes, Maria da Graça Carvalho, Álvaro Amaro e Cláudia Monteiro de Aguiar.

BLOCO ESQUERDA (2): Maria Matias e José Gusmão

PCP (2): João Ferreira e Sandra Pereira.

CDS-PP (1): Nuno Melo.

PAN (1): Francisco Guerreiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório