Meteorologia

  • 19 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

CDS abre hoje jornadas da saúde com voluntariado num centro paroquial

O CDS-PP começa hoje dois dias de jornadas parlamentares no Porto, dedicadas à saúde, com uma ação de voluntariado no centro paroquial de Valbom, Gondomar.

CDS abre hoje jornadas da saúde com voluntariado num centro paroquial
Notícias ao Minuto

06:33 - 03/06/19 por Lusa

Política Gondomar

É "um sinal político" para "sublinhar a ideia da valorização do setor social" e, "ao mesmo tempo, o envolvimento da sociedade civil na construção de uma sociedade melhor", explicou Nuno Magalhães, líder parlamentar do CDS-PP, na apresentação do programa das jornadas que serão encerradas, na terça-feira, pela presidente do partido, Assunção Cristas.

Os centristas escolheram a saúde como tema central para estas jornadas, que a direção pretende que sejam um momento para "cerrar fileiras", já a pensar nas legislativas de outubro.

Uma semana depois das europeias em que o partido ficou em quinto lugar, com 6,2%, Nuno Magalhães, líder parlamentar do CDS-PP, confessou a sua tristeza com os resultados, mas afirmou que agora é tempo de o partido se concentrar no que "é fundamental" -- "ter um bom resultado nas legislativas" de 06 de outubro.

Estas serão as últimas jornadas parlamentares dos centristas nesta legislatura e terão como tema central a saúde e as políticas de saúde.

Depois da ação de voluntariado, segue-se a abertura das jornadas, num hotel do Porto, com um discurso do líder parlamentar e um almoço-debate com o médico António Ferreira, ex-diretor do Hospital de São João, do Porto.

À tarde, os deputados visitam o centro hospitalar de Vila Nova de Gaia, "um dos hospitais que mais problemas atravessou ao longos dos últimos meses, nomeadamente com as cativações do ministro [das Finanças, Mário] Centeno" e o dia termina com um jantar com as estruturas locais do partido.

Na terça-feira de manhã, há um painel sobre saúde, com Orlando Monteiro da Silva, bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, Ana Paula Correia, bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, e António Araújo, presidente do conselho regional do Norte da Ordem dos Médicos.

O objetivo, disse Nuno Magalhães, é "ouvir o diagnóstico sobre o estado em que a saúde" chegou em Portugal e que "afeta, sobretudo, os mais desfavorecidos, os mais idosos, os que mais sofrem e que não têm tido qualquer resposta por parte deste Governo".

No programa ainda consta uma apresentação de Adolfo Mesquita Nunes, o ex-vice-presidente que coordena o grupo de trabalho responsável pelo programa eleitoral para as legislativas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório