Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 21º

Edição

Reunião da Comissão política do PSD já prevista antes das eleições

A Comissão Política do PSD, órgão alargado da direção, vai reunir-se na quarta-feira, num encontro ordinário que já estava previsto antes das eleições europeias de domingo.

Reunião da Comissão política do PSD já prevista antes das eleições
Notícias ao Minuto

16:57 - 27/05/19 por Lusa

Política PSD

De acordo com um membro da comissão política social-democrata, apesar de as eleições europeias não estarem especificamente na agenda da reunião, os resultados deverão ser analisados na parte dedicada à análise da situação política.

Questionado se a Comissão Política poderá convocar um Conselho Nacional extraordinário para analisar os resultados, a mesma fonte disse à Lusa não estar prevista "qualquer reunião anormal ou extraordinária deste órgão".

O Conselho Nacional do PSD - órgão máximo do partido entre congressos - reúne-se ordinariamente de três em três meses, pelo que a próxima reunião só está prevista para meados ou finais de julho, previsivelmente para aprovar a lista de candidatos a deputados à Assembleia da República.

O Partido Socialista venceu as eleições para o Parlamento Europeu de domingo, elegendo nove dos 21 deputados, com 33,38% dos votos, segundo dados hoje divulgados pela secretaria-geral do Ministério da Administração Interna, faltando ainda apurar os resultados em sete consulados.

O PSD, com 21,94% dos votos, elegeu seis mandatos, os mesmos que em 2014 -- quando concorreu em coligação com o CDS-PP -, mas registando o pior resultado de sempre do partido, em percentagem, em eleições de âmbito nacional a que concorreu sozinho.

No domingo à noite, o presidente do PSD, Rui Rio, reconheceu que o partido falhou os objetivos a que se tinha proposta nestas eleições, que passavam por vencer as eleições ou, pelo menos, subir "o suficiente" para eleger mais um eurodeputado em relação há cinco anos.

"Não atingimos os objetivos pretendidos nesta eleição. Não vale a pena estar com floreados a tentar ler números onde eles não existem", afirmou, defendendo que "o primeiro passo para amanhã as coisas correrem melhor, é reconhecer os erros de hoje".

Ainda assim, Rio - que tem dito que em 2014 o resultado do PSD terá ficado entre os 19 e os 20%, uma vez que em coligação com o CDS-PP foi de 27,7% - considerou que os resultados provisórios indicam que o PSD subiu.

"Subimos, mas pouco", disse, assegurando que o PSD iria, nos próximos dias, analisar "ponderadamente" e sem ser "na praça pública" estes resultados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório