Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Marisa Matias elogia Europa sobre bem-estar animal, mas critica Portugal

A primeira candidata do BE às eleições europeias, Marisa Matias, considerou hoje que Portugal "está longe de ter uma política pública que realmente proteja o bem-estar animal", contrariamente ao bom trabalho desenvolvido na Europa nesta dimensão.

Marisa Matias elogia Europa sobre bem-estar animal, mas critica Portugal

Ao fim de 1.500 quilómetros nos primeiros três dias oficiais de campanha, a caravana do BE 'estacionou' hoje em Coimbra, distrito-natal da cabeça de lista bloquista, onde Marisa Matias quis dar visibilidade ao trabalho da associação Gatos Urbanos e acabou a ação a alimentar um dos felinos.

"Nós devemos também tentar chamar à atenção para aquilo que de melhor a Europa tem e colocar o bem-estar animal na agenda tem sido uma das dimensões que eu considero ser do melhor da Europa", explicou aos jornalistas, dando o exemplo da imposição europeia sobre normas de transporte que protejam o bem-estar animal.

Em Portugal, na perspetiva de Marisa Matias, a situação é diferente e, "se tem havido melhorias a este respeito, elas têm sido muito por causa da ação de algumas pessoas e de algumas organizações e associações".

"Estamos longe de ter em Portugal uma política pública que realmente proteja o bem-estar animal e a saúde pública porque esta é uma questão também de saúde pública", lamentou.

O objetivo da candidata bloquista com esta visita era reconhecer o trabalho da associação Gatos Urbanos que "começou um trabalho difícil quase do zero e com poucos recursos" e que procura, em grande parte das suas atividades, "aplicar o programa de captura, esterilização e devolução [à rua], que é o que protege melhor o bem-estar dos animais".

"Estas medidas que são necessárias, estas ações que são necessárias, não podem ficar dependentes das ações individuais. É preciso que existam políticas públicas reais que ajudem nestes processos de captura, esterilização, devolução e também apoiar as organizações que estão no local e que fazem este trabalho que é tão importante", apelou.

Já à saída da ação de campanha anterior, uma visita a uma Unidade de Saúde Familiar, Marisa Matias tinha sido questionada pelos jornalistas sobre se o objetivo desta ação era dar "uma mãozinha e uma patinha" ao PAN.

"Nós tivemos muito trabalho e muito intenso a dar uma mãozinha e uma patinha aos animais ao longo deste mandato", respondeu, usando a mesma expressão, depois de uma gargalhada.

A eurodeputada bloquista recordou que o grupo que integra no Parlamento Europeu fez parte de "todas as reivindicações de defesa dos direitos dos animais", sendo este um dos valores que é de sempre e que será mantido no centro da agenda.

"O BE foi o primeiro partido que, em Portugal, trouxe a questão da defesa dos direitos dos animais ao parlamento nacional. Fê-lo, na altura, com um proposta sobre animais de circo e a necessidade de protegê-los", lembrou.

Questionada sobre se temia o PAN nestas eleições, Marisa Matias respondeu que não porque o BE tem "feito trabalho nessa área" e continuará a fazer.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório