Meteorologia

  • 21 JULHO 2019
Tempo
26º
MIN 22º MÁX 31º

Edição

Ventura poderá abandonar coligação e culpa RTP por crise no Basta

Membros da coligação Basta estão descontentes com o facto de André Ventura não ter marcado presença, na segunda-feira, no debate que se realizou na RTP com todos os candidatos (à exceção também de Marinho e Pinto) que não têm atualmente assento no Parlamento Europeu.

Ventura poderá abandonar coligação e culpa RTP por crise no Basta

André Ventura está preparado para colocar à disposição o seu lugar de cabeça-de-lista da coligação Basta.

A informação foi confirmada ao Notícias ao Minuto pelo próprio que aponta o dedo à RTP por, primeiro, ter alterado a hora do debate e, segundo, não ter permitido que André Ventura fosse substituído por Gonçalo da Câmara Pereira, o número dois da coligação.

“O debate deveria ter começado às 21h e assim poderia ir e ainda conseguia cumprir os meus compromissos contratuais com outra estação televisiva. Mas mudaram a hora para as 22h e nem sequer permitiram que a minha participação fosse substituída pela do nosso número dois”, explicou o fundador do partido Chega.

Nesta senda, o facto de a coligação não ter sido representada no debate causou mal-estar entre os restantes membros que ficaram desapontados com o facto de André Ventura ter mantido a sua presença no comentário desportivo da CMTV em detrimento da participação no debate.

“Eu tenho compromissos contratuais que tenho de honrar. Não é que considere o Benfica mais importante do que o país, mas tenho responsabilidades que tenho que assumir”, sublinhou.

O Notícias ao Minuto sabe que os quatro elementos que compõem a coligação – André Ventura (Chega), Gonçalo da Câmara Pereira (PPM), Manuel Matias (PPV/CDC) e Sofia Afonso Ferreira (movimento Democracia 21) vão reunir esta noite para discutir o futuro do Basta, sendo que o ex-autarca de Loures garante que irá “colocar o lugar de cabeça-de-lista à disposição”, caso fique claro que não conta com o apoio dos restantes membros integrantes.

“Se quiserem que eu vá embora, eu vou. Posso renunciar até 48 horas antes das eleições”, lembrou André Ventura.

O Notícias ao Minuto já tentou entrar em contacto com a RTP, mas até ao momento sem sucesso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório