Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Rio diz "com sinceridade" que PSD luta por um "muito bom resultado"

O líder do PSD apontou hoje "com toda a sinceridade" que o partido luta por um "muito bom resultado" nas eleições europeias e que isso seria ganhar, apelando a que os portugueses sancionem a governação socialista nas urnas.

Rio diz "com sinceridade" que PSD luta por um "muito bom resultado"
Notícias ao Minuto

21:20 - 30/04/19 por Lusa

Política Europeias

"O nosso objetivo tem que ser ambicioso e dito com toda sinceridade na prática há dois objetivos. Conseguir um bom resultado ou um muito bom resultado. Aquilo pelo que nós lutamos é um muito bom resultado, é ganhar, um bom resultado é subir muito. Se subirmos pouco é um mau resultado", admitiu hoje Rui Rio, em Braga, na apresentação do manifesto do PSD às eleições europeias de 26 maio.

O presidente social-democrata deixou ainda um apelo aos portugueses para que aceitem o desafio que disse ter sido lançado pelo secretário-geral do PS, António Costa, e que "através das eleições europeias façam também um juízo de valor" sobre a atividade do Governo socialista.

"Eu penso que os portugueses podem aceitar esse desafio e, no monumento de votar, aproveitarem também para, na sua equação, avaliarem aquilo que tem sido a governação do PS apoiado pelo BE e PCP".

Segundo disse, "o voto no PSD é seguramente na defesa da Europa, na exata medida em que é um voto num partido moderado, que combate qualquer espécie de populismos e nacionalismos".

Rui Rio apontou a reforma da União Económica e Monetária como uma prioridade, lembrando que "um país como Portugal tem tudo a ganhar com uma grande reforma" na quela área.

"Se virmos a 'performance' da economia portuguesa antes do euro, dentro na Comunidade Económica Europeia, antes e depois, a diferença é abismal. O nosso crescimento foi muitíssimo maior antes, agora é fraquíssimo, e a nossa divida pública era muito mais elevada. A reforma da União Económica e Monetária é muito importante para países com uma economia muito mais débil, como é a nossa", defendeu.

Apontando o combate à abstenção como um desafio de todos os partidos, o líder social-democrata referiu ainda, de forma genérica - deixando para o cabeça de lista, Paulo Rangel essa tarefa - a criação de estratégia europeia para a natalidade, o combate o cancro e a criação de uma força europeia de proteção civil.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório