Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

"Nestas eleições europeias é preocupante a ausência do tema Europa"

Joaquim Jorge critica “a falta de debate” sobre a situação e o futuro da União Europeia por parte dos portugueses candidatos ao cargo de deputado no Parlamento Europeu.

"Nestas eleições europeias é preocupante a ausência do tema Europa"

A campanha, as entrevistas e os debates dos candidatos portugueses ao cargo de deputado no Parlamento Europeu já começaram, mas parece que os atos políticos não têm agradado a todos.

Para Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores, os candidatos portugueses não têm debatido o que é essencial, quando falta menos de um mês para as eleições europeias: a União Europeia (UE).

“Nestas eleições europeias é preocupante a ausência do tema Europa: a falta de debate sobre a sua situação e o futuro da União Europeia. Os portugueses ficaram às cegas do que farão os seus representantes no Parlamento Europeu. Não se compreende a ausência deste debate tendo em conta o delicado momento em que se encontra a UE”, começa por dizer o também biólogo num artigo de opinião enviado ao Notícias ao Minuto.

Joaquim Jorge recorda que a Europa vive uma “delicada situação”, agravada pelo Brexit e pela instabilidade de muitos países europeus e que se não se discutir este tipo de assuntos, a Europa pode envergar por um caminho sem retorno.

“As mudanças globais favorecem a chegada de partidos da extrema-direita: a globalização e os seus efeitos; movimentos migratórios e mudanças climáticas; transformações democráticas, implicações na economia e mercado do trabalho; discussão sobre a moeda única e a sua reforma. É importante a sociedade portuguesa participar neste debate e ser informada, nesta campanha eleitoral, que só começa 12 dias antes do dia 26 de maio, mas já começou há muito tempo”, explica.

Joaquim Jorge relembra ainda que as eleições europeias vão ter debates “de primeira e de segunda” e que as televisões “vão dar mais voz a quem já tem eleitos”, tendo os partidos mais pequenos e novos “espaço mais reduzido de antena”.

Para o fundador do Clube dos Pensadores, as eleições europeias deste ano terão ainda mais abstenção do que já é natural. Isto porque, segundo Joaquim Jorge, além de os portugueses considerarem as Europeias as eleições menos importantes para a sua vida e que têm um impacto reduzido no seu dia a dia, o nosso sistema político está manchado “pela sujidade, com constantes casos de corrupção a todos os níveis”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório