Meteorologia

  • 24 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

PCP assinala peso das esquerdas para "política de mudança" em Espanha

O PCP assinalou hoje a "rejeição do Partido Popular (PP) e dos seus aliados" nas eleições de domingo em Espanha e que a votação dos partidos de esquerda pode permitir-lhes influenciar uma "política de efetiva mudança".

PCP assinala peso das esquerdas para "política de mudança" em Espanha
Notícias ao Minuto

11:08 - 29/04/19 por Lusa

Política Eleições

Os partidos de esquerda, em que se incluem os comunistas espanhóis, "alcançam um resultado que lhe permite pensar na concretização de uma política que corresponda a uma efetiva mudança" em Espanha, afirma o PCP, em comunicado.

Os comunistas reconhecem, no texto, que a "coligação eleitoral Unidos Podemos, promovida pela Esquerda Unida -- que integra o Partido Comunista de Espanha --, o Podemos e diversas forças políticas em várias regiões de Espanha" viu "reduzida a votação do conjunto das forças que a compõem".

No mesmo comunicado, o PCP "expressa a sua solidariedade aos comunistas, aos trabalhadores e aos povos de Espanha" e confia que "conquistarão o caminho que dê uma efetiva resposta aos seus interesses e legítimas aspirações".

Os comunistas portugueses não qualificam os resultados do PSOE, afirmando apenas que, "embora aumentando a sua votação, fica significativamente aquém da maioria absoluta".

Assinalam, contudo, que as "forças de direita e da extrema-direita franquista assumida (PP, Ciudadanos e Vox), tendo-se apresentado de forma fragmentada, não conseguem alcançar a maioria no parlamento, mesmo aglutinadas".

Nas eleições gerais realizadas no domingo o PSOE elegeu 123 deputados (28,68% dos votos), o PP 66 (16,70%), o Cidadãos (direita liberal) 57 (15,86%), o Unidas Podemos (extrema-esquerda) 42 (14,31%) e o Vox 24 (10,26%).

A futura composição da câmara baixa das Cortes Gerais espanhola está assim repartida por estes cinco partidos e por outros regionais mais pequenos, como os separatistas catalães e os nacionalistas bascos.

Como partido mais votado, o PSOE vai tentar encontrar o apoio de outros para tentar alcançar uma maioria absoluta de 175 mais um num total de 350 deputados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório