Meteorologia

  • 24 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

Novo presidente da Câmara da Guarda aposta na "continuidade"

O novo presidente da Câmara da Guarda, que assumiu funções após o anterior líder ter suspendido o mandato autárquico por ser candidato às eleições europeias de maio, afirmou hoje que vai dar continuidade ao trabalho feito.

Novo presidente da Câmara da Guarda aposta na "continuidade"
Notícias ao Minuto

18:50 - 22/04/19 por Lusa

Política PSD

Carlos Chaves Monteiro (PSD) é o novo presidente do município da Guarda, depois de Álvaro Amaro ter saído da autarquia por ser o quinto elemento na lista do PSD às eleições europeias.

Na primeira reunião do executivo após a suspensão de funções de Álvaro Amaro, o novo líder Carlos Chaves Monteiro referiu que vai continuar a desenvolver o trabalho iniciado em 2013, quando o PSD ganhou a liderança da maior autarquia do distrito da Guarda.

Segundo o novo presidente, o executivo esteve "sempre unido na ação, nos projetos, no investimento".

"Nós somos também fiéis a esse compromisso de provocar maior atração de investimento, de melhorar a qualidade de vida dos guardenses, de melhorar as infraestruturas urbanas", disse.

Referiu que, "mesmo sem Álvaro Amaro, a equipa que o acompanhou está também determinada para que o futuro seja promissor, próspero, em torno daquilo que são os objetivos" do programa eleitoral.

"Por isso, só poderíamos ter uma linha de continuidade, porque é uma linha de continuidade que nos orgulha", declarou Carlos Chaves Monteiro.

Hoje, Cecília Amaro, ex-adjunta de Álvaro Amaro, assumiu também funções como vereadora.

O despacho de redistribuição de funções hoje aprovado, por maioria, na reunião de Câmara determina que o vereador Sérgio Costa passa a vice-presidente do executivo e fica com os pelouros que detinha em áreas como Planeamento, Obras e Urbanismo, Ambiente, Equipamentos e Infraestruturas, Serviço Municipal de Proteção Civil, Serviço Florestal e Desenvolvimento Rural.

A vereadora Lucília Pina Monteiro mantém responsabilidades na Divisão da Educação, Intervenção Social e Saúde e Juventude, enquanto Victor Amaral continua com pelouros na Divisão da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto.

A nova vereadora, Cecília Amaro, fica responsável pelo Serviço de Informática, Modernização Administrativa, Qualidade, Desenvolvimento Estratégico e Apoio ao Investimento, Empreendedorismo e Espaço Empresa.

Do executivo fazem ainda parte os vereadores do PS Eduardo Brito e Pedro Fonseca, que se abstiveram na redistribuição de pelouros e na aprovação da passagem de dois vereadores a tempo inteiro (Cecília Amaro e Victor Amaral).

Victor Amaral é vereador a meio tempo, mas passará a exercer funções a tempo inteiro após terminar o ano letivo no Instituto Politécnico da Guarda, onde é professor.

O PS justificou a abstenção por considerar que as opções propostas são "de quem governa" o município da Guarda.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório