Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

"Eu não preciso de lei nenhuma para regrar os meus padrões éticos"

Rui Rio volta a dirigir críticas ao governo, que acusa de “meter os pés pelas mãos” na questão das contratações de familiares para cargos públicos.

"Eu não preciso de lei nenhuma para regrar os meus padrões éticos"

O líder do PSD esteve esta tarde em Vale de Cambra onde, desafiado pelos jornalistas, voltou a comentar a polémica em torno das contratações de familiares no Governo. Rui Rio reforça que se trata de um problema ético que a lei não poderá resolver.

“É um problema ético, não é um problema legal, procurar resolver um probelma ético com uma lei é difícil”, indicou o social-democrata. “O PS anda aqui atrapalhado a tentar limpar aquilo que fez e cada vez mais mete os pés pelas mãos”, atirou, acrescentando que “a lei não resolve nada”.

Na quinta-feira, recorde-se, o PS entregou um diploma no parlamento que pune com a demissão o membro do Governo que nomear um familiar que esteja interdito na lei, mas não impede as nomeações cruzadas - quando um membro do Governo nomeia para o seu gabinete um familiar de outro governante -, apenas obrigando à sua publicitação.

Rui Rio afirmou, portanto, que se a lei “estivesse em vigor, todas as nomeações cruzadas que se ouviram mantinham-se normais e legais”.

“Podem apresentar tudo, cá estou para ver se aparece alguma ideia fantástica que resolva aquilo que eu nunca vi, que é problemas éticos resolvidos com base na lei”, atirou, reforçando é uma questão de “bom senso” e “seriedade”. “Eu não preciso de lei nenhuma para regrar os meus padrões éticos”, terminou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório