Meteorologia

  • 18 ABRIL 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Laços familiares. A "endogamia política" em Portugal é notícia em Espanha

A polémica teia de relações familiares dentro do Executivo liderado por António Costa já ultrapassou as fronteiras e é noticiada no país vizinho.

Laços familiares. A "endogamia política" em Portugal é notícia em Espanha
Notícias ao Minuto

08:40 - 26/03/19 por Patrícia Martins Carvalho 

Política Imprensa

O Governo tem sido alvo de críticas devido às relações familiares existentes entre deputados, membros do Executivo e elementos do Partido Socialista, uma realidade que não passou despercebida à imprensa espanhola.

Aliás, o jornal El País dá destaque ao tema num artigo no qual se lê que a “endogamia política de um país pequeno com uma classe dirigente escassa chega ao extremo de se sentarem no mesmo Conselho de Ministros um casal e um pai e uma filha”.

“A endogamia em Portugal não é nova”, refere o diário castelhano, destacando ainda o facto de que “hoje sentam-se no Conselho de Ministros responsáveis políticos que já o eram com António Guterres ou José Sócrates: três ministros e o primeiro-ministro”.

Além dos casos dos ministros de José António Vieira da Silva e de Mariana Vieira da Silva, pai e filha, e de Eduardo Cabrita e Ana Paula Vitorino, marido e mulher, o jornal espanhol dá conta das mais recente polémica que envolve a mulher do ministro Pedro Nuno Santos, Catarina Gamboa, nomeada para chefe de gabinete do novo secretário de Estado Duarte Cordeiro, bem como o facto de a mulher deste último ter sido destacada para administrar um fundo estatal recém-criado de 55 milhões de euros.

O El País recorda ainda os laços de consanguinidade no seio do Partido Socialista, ilustrando com os exemplos de Carlos César e do filho, e de Ana Catarina Mendes e do irmão.

Exposta a situação que se vive na atual política portuguesa, o El País enfatiza as críticas que têm vindo a ser feitas pela oposição, recuperando a opinião de Luís Marques Mendes, citando Rui Rio e Catarina Martins, e não esquecendo ainda as palavras de Carlos César, numa espécie de resposta aos bloquistas: “Os laços familiares são abundantes no Bloco de Esquerda”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório