Meteorologia

  • 26 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

PCP questiona Governo sobre atraso nas obras de centro de saúde do Porto

Os deputados do PCP eleitos pelo distrito do Porto disseram hoje à Lusa que vão questionar o Ministério da Saúde sobre o "inexplicável" atraso nas obras de requalificação da "precária" Unidade de Saúde de Azevedo de Campanhã.

PCP questiona Governo sobre atraso nas obras de centro de saúde do Porto
Notícias ao Minuto

14:16 - 18/03/19 por Lusa

Política Saúde

Num dia dedicado às questões dos cuidados de saúde primários no Porto, a deputada Diana Ferreira afirmou que este "problema" de Azevedo de Campanhã se arrasta "há vários e demasiados anos", tendo de ser "definitivamente resolvido".

"Há vários anos que o PCP se tem debatido com esta questão, quer na Assembleia da República, quer na Câmara Municipal do Porto, mas o problema persiste e a unidade de saúde continua a funcionar num edifício que não garante as condições de atendimento e de segurança necessárias à prestação dos cuidados de saúde", referiu.

Diana Ferreira recordou que há disponibilidade da autarquia para, em parceria com o Governo, fazer as obras, mas este processo está a "esbarrar" no Ministério da Saúde.

Considerando a situação "inaceitável", a comunista referiu que este centro de saúde serve cerca de 3 mil pessoas numa das zonas mais carenciadas da cidade do Porto.

"Não deixaremos de intervir e de pedir responsabilidades", garantiu.

Também o deputado Jorge Machado adiantou não perceber por que não se resolve o problema quando há "vontade expressa" da câmara em ajudar e fazer parte da solução.

Desta forma, acrescentou, o Governo parece ser o "único obstáculo" a esta resolução.

A Câmara Municipal do Porto já se mostrou disponível para estabelecer um protocolo com o Ministério da Saúde para melhorar as instalações da Unidade de Saúde de Azevedo de Campanhã.

Além desta questão, a vereadora da CDU Ilda Figueiredo questionou hoje o porquê de a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte ainda não ter posto a funcionar o novo Centro de Saúde de Ramalde, construído pela autarquia.

"Por que é que a ARS Norte não põe o centro de saúde a funcionar numa zona central e muito populosa do Porto e que reúne melhores condições do que o atual", perguntou ainda.

Em dezembro, a Câmara do Porto entregou o novo Centro de Saúde de Ramalde à ARS Norte, cabendo à tutela pô-lo em funcionamento e entregar à autarquia o terreno prometido como contrapartida.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório