Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

PSD pede explicações sobre "adiamento" da reparação do submarino Arpão

O deputado do PSD Pedro Roque pediu hoje explicações ao Ministério da Defesa Nacional sobre o "adiamento" dos trabalhos de reparação do submarino Arpão, questionando quais as implicações para a Marinha e para o Arsenal do Alfeite.

PSD pede explicações sobre "adiamento" da reparação do submarino Arpão
Notícias ao Minuto

17:47 - 11/03/19 por Lusa

Política Pedro Roque

Numa pergunta que deu hoje entrada no parlamento, o deputado social-democrata declarou-se "surpreendido" com "notícias recentes de que o Ministério das Finanças cativou a verba da Lei de Programação Militar para os trabalhos de reparação do Arpão em 2018".

O deputado frisou que as operações de reparação daquele submarino "são necessárias para a manutenção da capacidade da Marinha" e que a empreitada representará "um acréscimo importante" no "`know-how´ e na capacidade estratégica do estaleiro.

"Para quando está prevista a reparação do submarino Arpão tendo em consideração quer a sua importância para a Marinha (quer o facto de a continuação da sua utilização operacional se tornar inviável em virtude da sua complexidade e sensibilidade", questionou o deputado social-democrata.

Pedro Roque pede ainda explicações sobre as "cativações de verbas ao nível da LPM [Lei de Programação Militar]", sublinhando que o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes, antecessor de João Gomes Cravinho afirmou sempre que os investimentos previstos na LPM não sofreriam cativações.

Contactado pela Lusa, o porta-voz da Marinha, comandante Fernando Fonseca, confirmou ter havido um adiamento da reparação do submarino Arpão face ao plano inicial, adiantando que a expetativa da Marinha é que os trabalhos se iniciem "antes do verão", no estaleiro da Arsenal do Alfeite, S.A..

Segundo o comandante, os trabalhos de reparação do Arpão deverão demorar 18 meses e custarão 10 milhões de euros, 8,5 dos quais para o construtor naval alemão TKMS e 1,5 milhões de euros para a Arsenal do Alfeite S.A., onde decorrerá a empreitada.

Quanto às implicações para a atividade operacional da Marinha, Fernando Fonseca disse que o ramo dispõe do submarino Tridente, que assegurará as missões.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório