Meteorologia

  • 26 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Mais uma mulher morta.“É desesperante a inoperância da justiça”

José Gusmão crítica a forma como a justiça lida com os casos de violência doméstica que acabam por resultar em homicídio.

Mais uma mulher morta.“É desesperante a inoperância da justiça”
Notícias ao Minuto

14:23 - 19/02/19 por Melissa Lopes 

Política José Gusmão

O número dois do Bloco de Esquerda na lista das eleições europeias tece críticas à “inoperância da justiça” que acaba por resultar na morte de muitas mulheres que são assassinadas depois de avançarem com uma denúncia.

José Gusmão comentava o caso da mulher que foi assassinada na noite de domingo na Golegã pelo ex-companheiro, mas lembra que este não é um “caso isolado”. “Longe disso”.

“É desesperante a inoperância da justiça em situações em que a lei já lhe atribui múltiplos instrumentos de proteção das vítimas, reforçando a percepção de isolamento nas vítimas e a de impunidade nos agressores”, lamenta o bloquista.

“Para além da responsabilidade nas mortes subsequentes, são responsáveis por desencorajar denúncias futuras. São responsáveis, têm de ser responsabilizados”, remata numa publicação feita no Facebook. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório