Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Rangel e Moedas na Convenção do Conselho Estratégico do PSD

O cabeça de lista do PSD às europeias, Paulo Rangel, o comissário europeu Carlos Moedas, e o general Pinto Ramalho são alguns dos convidados da primeira Convenção Nacional do Conselho Estratégico social-democrata, com encerramento a cargo de Rui Rio.

Rangel e Moedas na Convenção do Conselho Estratégico do PSD
Notícias ao Minuto

06:00 - 13/02/19 por Lusa

Política primeira Convenção

A Convenção do Conselho Estratégico Nacional (CEN) vai realizar-se no próximo sábado, no Europarque, em Santa Maria da Feira (Aveiro).

Pelas 09:30, arrancam -- em simultâneo e à porta fechada - as reuniões das 16 secções temáticas do CEN e outra com membros da comissão de reforma do sistema político, eleitoral e estatutos do partido, presidida pelo ex-líder da JSD Pedro Rodrigues.

O presidente do CEN, David Justino, disse à Lusa que o cabeça de lista do PSD às eleições europeias de 26 de maio, Paulo Rangel, vai marcar presença em Santa Maria da Feira, participando como convidado na secção de Assuntos Europeus, tal como o eurodeputado José Manuel Fernandes.

Na secção de Assuntos do Mar, será apresentado o novo coordenador: Vasco Rato, professor de Ciência Política e ex-presidente da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), substituindo no cargo Regina Salvador, que se mantém na secção, mas deixa a coordenação do grupo por motivos académicos.

Na área do mar, haverá ainda uma breve apresentação sobre política de portos, com a participação do presidente da direção da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores Portuários, Aristides Marques Peixoto, e de Alcino Oliveira, empresário de gestão portuária.

Outros convidados serão o general Pinto Ramalho, antigo Chefe do Estado-Maior do Exército, que participará na secção de Defesa, enquanto Carlos Salema, presidente da Academia de Ciências de Lisboa, e Fontainhas Fernandes, presidente Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), serão convidados da secção de Ensino Superior.

Na secção dedicada à Reforma do Estado, participarão o reitor da Universidade da Beira Interior, António Fidalgo, e Manuel Porto, professor catedrático da Universidade de Coimbra, enquanto Manuel Lemos, presidente da União das Misericórdias Portuguesas, marcará presença na secção de Assuntos Sociais.

Entre os convidados, há também personalidades de outros partidos, casos do socialista Vítor Ramalho, secretário-geral da União das Cidades Capitais da Língua Portuguesa (UCCLA), na área das Relações Externas, ou do ex-líder do CDS-PP Ribeiro e Castro que participará, juntamente com o politólogo Pedro Magalhães, no painel sobre sistema político.

Pela hora de almoço, estão previstas conferências de imprensa de algumas das secções temáticas, que serão escolhidas em função dos contributos recolhidos no dia.

À tarde, realiza-se o debate "Portugal Hoje e Amanhã", moderado por Filipa Roseta, em que participarão os ex-ministros Miguel Cadilhe (que ocupou a pasta das Finanças nos Governos de Cavaco Silva) e Daniel Bessa (da Economia com António Guterres), a investigadora e ex-deputada Helena Freitas (que já colaborou com o atual Governo como coordenadora da Unidade de Missão para o Interior, funções que deixou após os incêndios de Pedrógão) e a economista e antiga secretária de Estado da Segurança Social de Durão Barroso Margarida Corrêa de Aguiar.

Na sessão de encerramento, prevista para as 18:00, intervirão o presidente do CEN, David Justino (também 'vice' do partido), o Comissário Europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, e o presidente do PSD, Rui Rio.

O CEN foi lançado em março do ano passado pela direção de Rui Rio e, segundo a página do partido, define-se como "um órgão de aconselhamento de questões nacionais, tem uma natureza consultiva e funciona junto do Presidente da Comissão Política Nacional".

Na altura, foi apontado como missão deste órgão preparar o programa eleitoral do PSD, através da elaboração de documentos nas várias secções temáticas.

Até agora, foram produzidos por este órgão e divulgados publicamente cinco documentos estratégicos: política para a infância, reforma da zona euro, ensino superior, saúde e fundos estruturais da União Europeia, todos disponíveis no site do www.psd.pt.

Outro dos objetivos com que foi apresentado o CEN era proporcionar "uma nova forma de militância", uma vez que qualquer pessoa -- militante ou apenas simpatizante -- pode aderir a uma secção temática de acordo com as suas áreas de interesse e experiência, e não em função da proximidade geográfica a determinada concelhia.

Em declarações à Lusa, a propósito da reunião de sábado, o vice-presidente do PSD David Justino salienta que "o CEN não é só o grupo de sábios" que dirige as secções, daí serem esperados cerca de 1.500 participantes em Santa Maria da Feira, dos quais 800 a mil já têm participação regular neste órgão.

Desde o início, o PSD sempre rejeitou que esta estrutura pudesse ser apresentada como um Governo-sombra do partido, mas Justino assegura que o papel dos porta-vozes setoriais será reforçado nos próximos meses com a apresentação de mais documentos estratégicos.

São as seguintes as secções do CEN: Relações Externas; Assuntos Europeus; Reforma do Estado, Autonomias e Descentralização; Defesa Nacional; Finanças Públicas; Justiça, Cidadania e Igualdade; Segurança Interna e Proteção Civil; Agricultura, Alimentação e Florestas; Infraestruturas e Coesão do Território; Ambiente, Energia e Natureza; Economia, Trabalho e Inovação; Saúde; Solidariedade e Sociedade de Bem-Estar; Educação, Cultura, Juventude e Desporto; Ensino Superior, Ciência e Tecnologia; Assuntos do Mar.

Seis ex-ministros integram o Conselho Estratégico Nacional do PSD - Arlindo Cunha, Silva Peneda, Luís Filipe Pereira, Ângelo Correia, David Justino e Maria da Graça Carvalho -- que conta com dois deputados entre os porta-vozes, Ricardo Baptista Leite e Cristóvão Norte (José Matos Correia deixou estas funções após dois meses, por razões de natureza pessoal e profissional).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório