Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Concelhia do PS enaltece realização de cimeira luso-espanhola na Guarda

A Comissão Política Concelhia do PS da Guarda saudou hoje a decisão do Governo de marcar para aquela cidade a realização da cimeira luso-espanhola, que terá lugar em junho do próximo ano.

Concelhia do PS enaltece realização de cimeira luso-espanhola na Guarda
Notícias ao Minuto

19:45 - 22/11/18 por Lusa

Política Junho

Segundo a concelhia socialista presidida por Agostinho Gonçalves, a decisão "honra o compromisso firmado entre o primeiro-ministro de Portugal e o primeiro-ministro de Espanha, esta semana em Valladolid, ao colocarem a cooperação transfronteiriça ao serviço de uma estratégia comum contra o despovoamento que se acentua em ambos os lados da fronteira".

O PS considera que, com a decisão, o primeiro-ministro António Costa mostra "que as políticas de valorização e promoção do interior são concretas e não um exercício de retórica".

"Aos governos do PS se devem as obras nas linhas da Beira Baixa e Beira Alta, que colocarão a Guarda no centro de um importante eixo ferroviário. Foram igualmente governos do PS que trouxeram as autoestradas A25 [Aveiro/Vilar Formoso] e A23 [Guarda/Torres Novas], o novo Hospital ou a solução para o Hotel Turismo", lê-se na nota.

O líder socialista refere ainda que a Guarda "continua no centro do vulcão de uma nova vaga de políticas que querem puxar pelos territórios do interior".

"A nível local, nós cá estaremos para enaltecer as boas decisões, mas também para exigir mais e melhor, com base em trabalho atento e contínuo, sem alaridos ou falsas vitórias", remata Agostinho Gonçalves.

A cimeira luso-espanhola de 2019 vai realizar-se na Guarda, em junho, anunciou na quarta-feira o primeiro-ministro, António Costa.

O anúncio do líder do Governo aconteceu durante a conferência de imprensa no final da 30.ª cimeira bilateral, em Valladolid, Espanha.

"É uma decisão inteiramente justa, face àquilo que a Guarda tem desenvolvido e tem afirmado e que eu próprio tenho reafirmado, como a cidade que está equidistante entre Lisboa e Madrid", disse hoje o presidente da Câmara Municipal à agência Lusa.

Segundo Álvaro Amaro (PSD), a Guarda, pelo seu posicionamento geográfico, "tem que ser um espaço do território português a valorizar na conquista do mercado ibérico".

"Foi exatamente essa a estratégia que nós desenvolvemos. Recordo que neste momento fazemos o segundo maior certame ligado ao turismo em Portugal - e é ibérico -, a Feira Ibérica de Turismo, recordo o nosso posicionamento estratégico, recordo as nossas ligações com a Universidade de Salamanca, através do Centro de Estudos Ibéricos", disse.

Na semana passada, Álvaro Amaro escreveu ao primeiro-ministro a sugerir que a cimeira luso-espanhola de 2019 fosse realizada naquela cidade.

"E, por isso, só temos que estar satisfeitos e agradecidos ao primeiro-ministro de Portugal e naturalmente ao Governo de Espanha que terá acolhido a sugestão do Governo Português, a quem agradecemos o ter compreendido as nossas razões, e terem decidido que a próxima cimeira ibérica seja, em junho de 2019, na Guarda", concluiu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório