Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 13º

Edição

Borba: Prioridade é "fazer o resgate das vítimas e apoiar as famílias"

A coordenadora do BE defendeu hoje que, no deslizamento de terras numa estrada entre Borba e Vila Viçosa, a prioridade "é fazer o resgate das vítimas e apoiar as famílias", considerando que chegará o tempo de apurar as responsabilidades.

Borba: Prioridade é "fazer o resgate das vítimas e apoiar as famílias"
Notícias ao Minuto

17:43 - 20/11/18 por Lusa

Política Catarina Martins

À margem de um debate com jovens, promovido pelo Conselho Nacional de Juventude, na sede do BE, em Lisboa, Catarina Martins foi questionada sobre o deslizamento de um grande volume de terra na estrada entre Borba a Vila Viçosa, Évora, estando já confirmados dois mortos, operários da empresa que explora a pedreira.

"Neste momento, julgo que a prioridade é fazer o resgate das vítimas e apoiar as famílias. Terão de ser apuradas responsabilidades sobre o que se passou e esse tempo chegará. Hoje estamos concentrados neste apelo a que sejam resgatadas as vítimas quanto antes e a que seja apoiada a família", respondeu aos jornalistas.

A coordenadora do BE manifestou solidariedade "com a dor de quem está a sofrer esta perda".

À pergunta se este caso pode passar impune, Catarina Martins foi perentória: "claro que não, mas cada coisa a seu tempo".

"Neste momento, em que ainda estão a ser resgatadas vítimas, como compreendem, nós achamos que a prioridade é para que sejam resgatadas as vítimas, para que as famílias tenham todo o apoio e, claro, todas as responsabilidades terão de ser apuradas, seguramente", insistiu.

O deslizamento de um grande volume de terra na estrada entre Borba a Vila Viçosa, no distrito de Évora, provocou a deslocação de uma quantidade significativa de rochas, de blocos de mármore e de terra para o interior de uma pedreira, pelas 15:45 de segunda-feira.

Segundo o comandante distrital de operações de socorro de Évora, José Ribeiro, estão confirmados dois mortos, operários da empresa que explora a pedreira.

O corpo de uma das duas vítimas mortais confirmadas foi retirado hoje à tarde, quase 24 horas depois do acidente, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

As autoridades procuram ainda um número indeterminado de vítimas, cujas viaturas em que seguiam terão sido arrastadas para o interior da pedreira.

As autoridades de socorro destacaram a "complexidade" das operações em curso, sublinhando que vão ser "morosas e difíceis".

O Ministério Público instaurou, entretanto, "um inquérito para apurar as circunstâncias que rodearam a ocorrência", referiu a Procuradoria-geral da República, em resposta enviada à agência Lusa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório