Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Parlamento lamenta mortes de Helena Almeida e Fernando Fernandes

Lisboa, 04 out (Lusa) - A Assembleia da República aprovou hoje por unanimidade votos de pesar pelos falecimentos recentes da artista plástica Helena Almeida e do livreiro Fernando Fernandes.

Parlamento lamenta mortes de Helena Almeida e Fernando Fernandes
Notícias ao Minuto

13:11 - 04/10/18 por Lusa

Política Partidos

No documento submetido pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, lia-se que "é na fotografia e na reflexão sobre si própria e sobre o trabalho artístico que Helena Almeida encontra um lugar único e complexo, estando hoje presente em coleções tão relevantes como a da Gulbenkian, da Tate Modern ou do Museu Reina Sofia".

"Quebrando as fronteiras entre o desenho, a pintura, o vídeo, a fotografia e a arte performativa, Helena Almeida rompeu as convenções com o seu trabalho, revestiu-se com uma tela e construiu-se numa obra verdadeiramente pessoal e original", assinalou-se.

O voto apresentado por PS e PCP, sobre Fernando Fernandes, destacou a fundação em 1958, no Porto, juntamente com José Augusto Seabra, Carlos Porto e Vítor Alegria, da livraria e galeria Divulgação.

"Uma década mais tarde, em 1968, fundou a livraria Leitura, espaço que durante anos, mais do que lugar para livros, foi lugar de resistência contra a ditadura, comercializando livros proibidos pela censura", descreveu o texto, classificando aquele estabelecimento como "uma das mais emblemáticas livrarias do Porto, adquirindo um significado cultural inestimável no plano local, regional e nacional".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório