Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
33º
MIN 30º MÁX 36º

Edição

"A limpeza urbana, ou a falta dela, envergonha hoje a nossa cidade"

A Câmara Municipal do Porto terminou, recentemente, com as concessões que até então existiam para a recolha de resíduos e limpeza da cidade Invicta.

"A limpeza urbana, ou a falta dela, envergonha hoje a nossa cidade"
Notícias ao Minuto

10:00 - 11/09/18 por Patrícia Martins Carvalho 

Política Porto

O deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro criticou, na segunda-feira, o estado da cidade do Porto, no que à recolha de resíduos e limpeza diz respeito.

A sua publicação, feita no Facebook, tem por base um artigo do jornal Porto – uma publicação municipal de distribuição gratuita – na qual se lê que o Porto será uma “cidade mais limpa a partir de outubro”.

A publicação em causa refere que a autarquia “acabou com as concessões na recolha de resíduos e limpeza da cidade e está a internalizar o serviço (…) na Empresa Municipal do Ambiente que contratará a limpeza e varredura e assegurará, apenas com funcionários municipais e frota própria, a recolha de resíduos”.

Não desvalorizando tal medida, Tiago Barbosa Ribeiro sublinha que os portuenses “precisam é de mais iniciativa e menos propaganda”, até porque a “campanha eleitoral já lá vai, mas as promessas não”.

“Agora parece que em outubro é que é… um ano depois das autárquicas. Será?”, questiona o socialista, garantindo que o “desleixo nunca foi tão grande”, o que faz com que a “limpeza urbana, ou a falta dela, envergonhe hoje a nossa cidade”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório