Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
30º
MIN 25º MÁX 32º

Edição

“Convidar os críticos a sair é digno de um chefe de seita ou de claque”

André Ventura exige uma reunião de urgência a Rui Rio depois do líder do PSD ter aconselhado os críticos internos, que discordam “do ponto de vista estrutural”, a saírem do partido.

“Convidar os críticos a sair é digno de um chefe de seita ou de claque”

Depois do deputado Carlos Abreu Amorim e do ex-vice-presidente do PSD Carlos Carreiras criticarem o líder do PSD por ter aconselhado as vozes discordantes a saírem do partido, é a vez de André Ventura reagir às palavras de Rui Rio.

“Convidar os críticos a sair não é próprio do líder de um dos mais importantes partidos da democracia portuguesa. É mais apropriado a um chefe de seita ou de claque”, começa por dizer o vereador da câmara de Loures, eleito pelo PSD, ao Notícias ao Minuto.

Para André Ventura, Rui Rio tem mesmo “assombrosas semelhanças com o presidente destituído do Sporting, Bruno de Carvalho” pois seguem a mesma lógica de trabalho: “quem não está connosco, está contra nós”.

O advogado social-democrata exige assim uma reunião de urgência a Rui Rio, na sede nacional, para esclarecer o alcance das suas palavras e para deixar claro que “ninguém é dono do PSD”.

Recorde-se que o líder social-democrata aconselhou esta sexta-feira, em declarações à TSF, que os críticos internos que discorda “do ponto de vista estrutural” a tomarem uma atitude idêntica à de Pedro Santana Lopes, que no início de agosto saiu do PSD para formar um novo partido, a Aliança.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório