Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º

PAN pergunta: Que medidas há "em marcha" para ajudar animais selvagens?

O Partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) questionou, esta quinta-feira, o Ministério da Agricultura sobre que medidas foram tomadas para proteger os animais selvagens depois do incêndio que consumiu a serra de Monchique.

PAN pergunta: Que medidas há "em marcha" para ajudar animais selvagens?
Notícias ao Minuto

20:34 - 23/08/18 por Melissa Lopes

Política Monchique

O PAN está preocupado com os danos que o grande incêndio de Monchique causou no ecossistema e quer saber se o Governo tem "em marcha" medidas para proteger os animais selvagens, cujo habitat é agora uma serra ardida.

Em comunicado, o partido refere que, depois do trágico incêndio que consumiu mais de 27 mil hectares de floresta e terrenos agrícolas em Monchique, Silves, Portimão e Odemira, “poucas são as informações (...) sobre que meios estão no terreno para aferir o número de animais selvagens feridos ou mortos, que medidas estão a ser implementadas para garantir o seu reencaminhamento para centros de preservação da vida selvagem e que pontos de abeberamento e alimentação estão a ser montados nas zonas afetadas".

Nesse sentido, o partido informa que questionou, esta quinta-feira, o ministério de Capoulas Santos sobre "que meios estão no terreno para fazer esta avaliação, como estão articulados e que medidas de urgência tem o ministro em marcha para garantir o abeberamento e a alimentação de animais selvagens". 

Realçando que foram garantidas rações para os animais de pecuária e garantidos apoios aos agricultores afetados, o PAN frisa que se "desconhece se existirão apoios financeiros para as associações de proteção de vida selvagem que estarão a recolher animais feridos e quanto custará este apoio excecional a animais selvagens". 

Paralelamente, prossegue o PAN, "surgem nas redes sociais imagens de animais selvagens aparentemente desorientados e sem vegetação para se alimentarem o que indicia falta de acompanhamento das autoridades responsáveis". 

O PAN interrogou ainda a tutela sobre quantos animais de companhia e de pecuária, até à data, foram  encontrados feridos ou mortos.

“A destruição da Serra de Monchique provocou uma pressão acrescida num ecossistema já de si muito fragilizado. O Governo tem que tomar medidas urgentes para garantir que os animais selvagens que sobreviveram ao incêndio não morram por falta de alimentação ou abeberamento” alertou Francisco Guerreiro, porta-voz do PAN.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório