Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Fernando Seara promete criar o pelouro do idoso em Lisboa

O candidato à Câmara de Lisboa pela coligação “Sentir Lisboa”, Fernando Seara, prometeu hoje criar um pelouro dos idosos para melhorar o apoio prestado à terceira idade residente na cidade se for eleito presidente da autarquia.

Fernando Seara promete criar o pelouro do idoso em Lisboa

“Lisboa tem um quarto da população com mais de 65 anos. Daqui a 10 anos teremos das cidades europeias com mais população próxima dos 80 anos. Por isso, vamos criar o pelouro dos idosos de Lisboa com estratégias transversais a todos”, disse o candidato.

Fernando Seara pretende ter uma maior proximidade com os idosos e quer que a câmara seja a “primeira mão do caminho, do apoio” a esta população, que “muitas vezes está sozinha”.

Esta é uma das propostas que constam do programa eleitoral da coligação PSD/CDS-PP/MPT, que Fernando Seara apresentou hoje juntamente com Carlos Barbosa (candidato independente que integra a lista da coligação à assembleia municipal), Teresa Leal Coelho (candidata do PSD a vereadora), António Proa (candidato do PSD a vereador) e Telmo Correia (candidato do CDS-PP a presidente da assembleia municipal).

Afirmando que o seu programa eleitoral está assente em sete pontos vitais – educação e apoio à família, saúde e solidariedade, competitividade e desenvolvimento, habitação e reabilitação, mobilidade, cultura e dia-a-dia – o candidato disse pretender também transformar Lisboa numa cidade Erasmus.

“Para isso tem de ter residência para os universitários. Temos de disponibilizar prédios desabitados para se construírem residências”, defendeu.

A candidatura da Baixa lisboeta a Património da Humanidade é outra das promessas de Fernando Seara, que promete aproveitar a experiencia e os conhecimentos que teve em Sintra para benefício daquela zona.

“Tudo faremos para que a Baixa tenha esse título, essa dignidade”, frisou.

A limpeza da cidade, que tem sido uma das bandeiras da coligação “Sentir Lisboa”, foi fortemente criticada pelo candidato, que quer criar brigadas permanentes.

“Descobriu António Costa nas últimas 48 horas que a limpeza era uma prioridade de Lisboa. Que passa a ser prioridade a partir de 01 de janeiro de 2014. Eu julgava que a limpeza era uma prioridade quotidiana de um responsável político”, ironizou.

Fernando Seara prometeu ainda declarar luta aos buracos nos passeios e acabar com a distinção de passeios sob alçada da câmara e outros sob responsabilidade das juntas de freguesia.

O alargamento da responsabilidade social da autarquia, a aprovação rápida dos regulamentos municipais para taxas de ocupação, o fim das adjudicações diretas, a aposta no turismo cultural, religioso e de cruzeiro e o pagamento a fornecedores num prazo máximo de 120 dias são outras as medidas do programa eleitoral.

O candidato aproveitou para criticar a gestão de António Costa, defendendo que o atual presidente de câmara podia ter aproveitado os 271 milhões de euros que ganhou com a venda dos terrenos do aeroporto para saldar essas dívidas.

A construção túnel do Saldanha, a reabilitação urbana e uma cidade amiga das crianças e jovens são outras áreas prioritárias para a coligação.

Presentes na apresentação estiveram também os candidatos da coligação às juntas de freguesia de Lisboa.

Além de Fernando Seara, concorrem à Câmara de Lisboa António Costa (PS) pela coligação "Juntos Fazemos Lisboa", João Ferreira, pela CDU, o Bloco de Esquerda com João Semedo, o PPM/PND/PPV com Nuno Correia da Silva, o PCTP/MRPP com Joana Miranda, o PAN com Paulo Borges, o PNR com João Patrocínio e Amândio Madaleno que se candidata pelo PTP.

As eleições autárquicas decorrem a 29 de setembro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório