Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2018
Tempo
27º
MIN 25º MÁX 30º

Edição

"Deputados deviam dar uma lição de boas maneiras a Manuel Pinho"

Luís Marques Mendes classificou, no seu espaço de comentário semanal na SIC, a postura do antigo ministro na comissão parlamentar de “degradante e deprimente” e acusou mesmo: “quem cala consente”.

"Deputados deviam dar uma lição de boas maneiras a Manuel Pinho"
Notícias ao Minuto

23:27 - 22/07/18 por Natacha Nunes Costa 

Política Marques Mendes

A postura de Manuel Pinho na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas mereceu duras críticas pela parte de Luís Marques Mendes, este domingo, no seu espaço de comentário semanal na SIC.

Para o ex-líder do PSD, o antigo ministro da Economia “foi de uma arrogância, uma sobranceria, quase de uma incorreção, uma falta de cortesia e de um convencimento do outro mundo”, contudo, Marques Mendes sublinhou que a culpa também é dos deputados.

“É pena que no Parlamento não existam, hoje em dia, deputados mais velhos e com mais autoridade que dessem a Manuel Pinho uma lição como ele precisava, que é uma lição de boas maneiras por um lado e uma lição de democracia por outro, porque quem o ouvisse dava ainda a impressão que nós é que teríamos de lhe pagar qualquer coisa, que temos de lhe agradecer e de pedir desculpa”, explicou.

Já quanto à culpabilidade do antigo ministro, Luís Marques Mendes admitiu não ter dúvidas que Manuel Pinho está a esconder algo.

“Enquanto suspeito num processo-crime ele tem o direito de não falar, mas enquanto alguém que tem responsabilidade política, e um ex-ministro tem responsabilidade política, ele não tem só o direito de falar como tem o dever de falar, o dever de explicar, de informar e de esclarecer e aqui, na responsabilidade política, quem cala consente”, acusou adiantando que o ex-governante não está só “a comprometer-se a si próprio como também à classe política em geral.

Recorde-se que Manuel Pinho continua a não esclarecer se recebeu ou não, mensalmente e enquanto era ministro, dinheiro de uma empresa do Grupo Espírito Santo (GES), tal como foi denunciado e está a ser investigado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.