Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
33º
MIN 30º MÁX 36º

Edição

“Não há como expulsar da UE países fascistas”

Isabel Moreira lamenta que estejamos todas e todos a pagar o fascismo na União Europeia. Parlamento húngaro aprovou ontem lei que castiga quem ajudar imigrantes.

“Não há como expulsar da UE países fascistas”
Notícias ao Minuto

17:51 - 21/06/18 por Melissa Lopes 

Política Isabel Moreira

A deputada socialista Isabel Moreira comentou esta quarta-feira o panorama europeu, numa altura em que a Hungria aprovou uma lei polémica (‘Stop-Soros’) que penaliza quem ajuda imigrantes.

Sublinha a deputada que o artigo sétimo do Tratado de Lisboa – apelidado de “bomba atómica, apesar de não prever a expulsão de estados-membros - “não serve para arreliar a Polónia e a Hungria”.

“Para lhes retirar direitos é necessária unanimidade e estes dois países protegem- se mutuamente”, constata, sublinhando que estamos “todas e todos a pagar o fascismo”. “Não há como expulsar da UE países fascistas”, lamenta.

Recorde-se que o Parlamento húngaro aprovou esta quarta-feira, precisamente no Dia Mundial do Refugiado, a polémica lei 'Stop-Soros' que castiga com um ano de prisão quem ajudar imigrantes em situação irregular, nomeadamente refugiados e requerentes de asilo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório