Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 27º

"Jovens recém formados não podem ser pau para toda a colher"

Justificação da Universidade de Aveiro não convence o deputado Moisés Ferreira.

"Jovens recém formados não podem ser pau para toda a colher"
Notícias ao Minuto

15:10 - 14/06/18 por Melissa Lopes

Política Moisés Ferreira

O deputado Moisés Ferreira comentou o caso que o próprio partido denunciou sobre um anúncio da Universidade de Aveiro para dois estágios em que a remuneração mensal prometida era de 120 euros. 

Depois da denúncia do Bloco, diz o deputado, a Universidade de Aveiro retirou o anúncio onde se recrutavam licenciados para estágios a 120 euros por mês.

A Universidade defendeu-se considerando haver uma "interpretação errónea" daquele partido, por se tratar de estágios curriculares, destinados a estudantes, em que não é exigível qualquer retribuição.

Justificação que não convence o deputado Moisés Ferreira. “Se era um estágio curricular, por que razão estarem a tentar contratar licenciados?”, questiona, atirando que “só mostra que é mesmo preciso um critério mais exigente para a publicação e divulgação de anúncios junto dos estudantes e ex estudantes”.

“Porque os jovens recém formados não podem ser pau para toda a colher”, remata, por fim.

Recorde-se que o caso levou a que o Bloco de Esquerda tivesse pedido esta quarta-feira a intervenção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório