Meteorologia

  • 21 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

"Portugueses são invejosos, acham que os professores são privilegiados"

Joaquim Jorge teceu várias críticas às atitudes dos portugueses e do Governo face aos protestos dos docentes.

"Portugueses são invejosos, acham que os professores são privilegiados"

Joaquim Jorge, num artigo de opinião enviado ao Notícias ao Minuto, teceu várias críticas à posição do Governo e dos portugueses face aos protestos e exigências dos professores. Uma controvérsia que o fundador do Clube dos Pensadores diz já se ter tornado uma questão “tétrica”.

“Os portugueses querem um ensino público de qualidade, mas não querem pagar para os seus filhos terem uma educação decente”, começa por afirmar Joaquim Jorge acabando mesmo por acusar os pais de não apoiarem os protestos dos docentes.

“Os portugueses são muito invejosos e ciumentos, acham que os professores são uns privilegiados. O professor para atingir o topo da carreira precisa de 34 anos!”, refere o biólogo adiantando que esta luta pela contagem do tempo de serviço dos docentes só começou a ter importância para os portugueses devido à ameaça de greve às avaliações: “’aque-d’el-rei’ que os nossos filhos não vão ter notas e não podem passar de ano”.

Por isso mesmo, para Joaquim Jorge, “os professores são a classe mais mal-tratada de que há memória em Portugal. Não há respeito pela sua função, pelo seu trabalho individual”.

Na mesma opinião, Joaquim Jorge aponta também o dedo ao Governo. “Infelizmente em Portugal, os inúmeros ministros da Educação nunca deram aulas no ensino secundário. Não sabem do que falam nem têm experiência 'in loco' da panóplia de problemas de uma escola”, acusa o biólogo sugerindo que o Governo devia ter um Ministério do Ensino Secundário, que englobasse todos os graus de ensino, e que na tutela desse ministério deviam colocar um ministro que já tivesse sido professor numa escola e não no ensino superior como sempre acontece.

Em jeito de conclusão, Joaquim Jorge faz uma recomendação: “Os professores são uma espécie em vias de extinção. Todos aqueles que tecem críticas, dão conselhos, sugestões, indicações e opiniões aconselho-os a passarem uns dias numa escola e depois falamos”.

Recorde-se que os professores estão em guerra aberta com o Governo. Os docentes exigem que seja reposto todo o tempo de serviço congelado, algo que o ministro da Educação já disse não ser possível. Em resposta, os professores ameaçam com várias greves, entre as quais às avaliações.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório